BRS Piatã, nova variedade para recuperar pastagens

A BRS Piatã é mais uma forrageira, lançada pela Embrapa, objetivando recuperar pastagens degradadas. A Empresa agropecuária tem lançado diversas opções para o produtor que deseja usar os métodos de cultivo de baixo carbono, como a integração lavoura- pecuária- floresta, plantio direto, e recuperação de pastagens degradadas.

Uma das características dessa forrageira é possuir um elevado valor nutritivo para o gado e ser indicada para solos de média e alta fertilidade. Nessas condições, o capim produz forragem de boa qualidade e com acúmulo de folhas, recuperando pastagens que sofreram degradação, ao longo do tempo. Possui, também, alta taxa de crescimento e rebrota, além de resistência às cigarrinhas típicas das pastagens. Ela produz, em média, 9,5 toneladas por hectare de matéria seca, com 57% de folhas, sendo 36% dessa produção obtida no período seco. Floresce entre os meses de janeiro e fevereiro, o que é uma boa opção para se utilizar na seca.

 

Fonte: Globo Rural On-line Adaptação: Revista Agropecuária  

Conheça o Curso de Manejo Intensivo de Pastagens para a Bovinocultura

  Veja outras publicações da Revista Agropecuária: Cana-de-açúcar reduz custos na alimentação de bovinos leiteiros Sistema de plantio direto na palha aumenta a produtividade Conheça as vantagens da Fertirrigação  

Quer ficar informado? Cadastre-se e receba nossas novidades diariamente!

Digite seu e-mail: 

Notícias

Pastagens

Sites relacionados
Revista Veterinária Revista Veterinária Portal Suínos e Aves Tecnologia e Florestas
© 2019 Revista Agropecuária. Todos os Direitos Reservados.