Produtores comemoram boas expectativas no mercado da uva

A safra de uva 2011/2012 está em alta, aumentando as expectativas do produtor. O Conselho Monetário Nacional (CMN) aprovou nessa semana os novos valores do preço mínimo da uva. Assim, a uva industrial (Isabel) passa de R$ 0,52 para R$ 0,57 o quilo. A expectativa do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa) é de que a medida possibilite investimentos do segmento produtivo na melhoria de seus parreirais, o que se refletirá em uvas, vinhos e sucos de melhor qualidade e maior valor de mercado.

Para obter o reajuste, o viticultor deve entregar uma uva igual ou acima de 15 Graus Babo, que representa a quantidade de açúcar, em peso, existente em 100g de mosto. Caso seja inferior a isso, de 13 Graus Babo para abaixo, por exemplo, não haverá reajuste no preço mínimo da uva.

A produção de uvas provém 66% da região Sul do país. Aproximadamente, 45% destinam-se ao processamento, para a elaboração de vinhos, sucos e outros derivados, concentrado na região Sul, especialmente no Rio Grande do Sul, responsável por 95% do total da produção dessa fruta.

 

Fonte: CMN Adaptação: Revista Agropecuária    

Conheça o Curso de Sistemas IrriPlus e IrriSimples de Gestão de Irrigação em Áreas Comerciais

 

Veja outras  publicações na Revista Agropecuária:

Chilenos vêm conhecer a agricultura familiar brasileira Energia elétrica a partir do biogás gera economia no campo Vinho brasileiro ganha mercado na China    

Quer ficar informado? Cadastre-se e receba nossas novidades diariamente!

Digite seu e-mail:

Agricultura

Notícias

Sites relacionados
Revista Veterinária Revista Veterinária Portal Suínos e Aves Tecnologia e Florestas
© 2019 Revista Agropecuária. Todos os Direitos Reservados.