Exportação de milho está mais vantajosa

Segundo dados da Cepea/Esalq, com a colheita do milho começou a necessidade de escoamento da produção por parte de produtores e também o menor interesse por parte de compradores nacionais, conseqüentes da pressão sobre os valores internos do grão ao longo das últimas semanas.

No entanto, a partir de meados de abril, exportar passou a ser um bom negócio com cotações mais elevadas, mesmo com estimativas de boa produção na segunda safra. No acumulado de maio (entre 30 de abril e 7 de maio), o Indicador ESALQ/BM&F Bovespa teve alta de 1,2%, fechando a R$ 24,68/saca de 60 kg nessa segunda-feira, 7. Se considerada a taxa de desconto NPR, também na região de Campinas, o preço médio à vista foi de R$ 24,23/sc de 60 kg nessa segunda, aumento de 1,3% no mesmo período.

 

      Fonte: Cepea Adaptação: Revista Agropecuária      

Conheça o Curso de Produção de Milho no Sistema de Plantio Direto

 

 

 

Veja outras  publicações na Revista Agropecuária: Sanidade animal - Compartimentalização - pecuária de corte bovina Exportação de produtos lácteos aumenta no Brasil Importância do Casqueamento Bovinos      

Quer ficar informado? Cadastre-se e receba nossas novidades diariamente!

 

Digite seu e-mail:

 

Agricultura

Milho

Notícias

Sites relacionados
Revista Veterinária Revista Veterinária Portal Suínos e Aves Tecnologia e Florestas
© 2019 Revista Agropecuária. Todos os Direitos Reservados.