Alta no atacado e varejo dos produtos lácteos

Grande parte das indústrias lácteas relatou a intenção de redução da produção, em dezembro, principalmente de leite longa vida, por conta do consumo menor, assim como do aumento na captação de leite.

Na primeira quinzena de dezembro o atacado de produtos lácteos trabalhou em ligeira alta, assim como o varejo, segundo levantamento da Scot Consultoria. Considerando a média de todos os produtos pesquisados, o aumento foi de 0,4%.

O grupo dos queijos, requeijão e creme de leite, itens cuja demanda está maior neste momento, lideraram a alta. A embalagem de 200 gramas de creme de leite está cotada em R$ 1,18 no atacado, alta de 2,2% em relação à última quinzena de novembro. Na comparação com o mesmo período do ano passado, a valorização foi de 0,2%. Desde outubro último a cotação do produto está firme.

Fonte: Pecuária Rural

Adaptação: Revista Agrecuária

 

 

 

Conheça o Curso de Manejo de Ordenha e Qualidade de Leite (Controle de mastite)

 

 

  Veja outras publicações da Revista Agropecuária: Escolha de Sêmen: Quais os critérios essenciais? Permitida a exportação de suínos e bovinos engordados com ractopamina Impacto da pecuária para o aquecimento global será medido com base na análise dejetos de gados    

 

Artigos

Bovinos de Leite

Destaques

Notícias

Sites relacionados
Revista Veterinária Revista Veterinária Portal Suínos e Aves Tecnologia e Florestas
© 2020 Revista Agropecuária. Todos os Direitos Reservados.