Cotação do boi gordo tem queda em relação ao aumento salarial

O aumento do salário mínimo não tem colaborado com uma boa lucratividade do pecuarista do boi gordo.

Segundo pesquisa da Scot Consultoria a relação entre o salário mínimo e o preço do boi gordo registrou em janeiro/2013 o pior nível desde 1994. Hoje são necessárias 6,9 arrobas para pagarem o salário mínimo sendo que, em 1994 eram necessárias 2,6 arrobas.

O salário mínimo teve aumento de 946,5% desde meados de 1994 a janeiro/2013. Enquanto o boi gordo, no mesmo período, teve aumento de 317,2 em São Paulo. De acordo com a consultoria, a alta no custo da produção (mão de obra) foi maior que o preço de venda.

Comparando o aumento salarial de janeiro/2013 com a cotação do boi gordo em janeiro/2012 temos, 9% de aumento e cotação de 2,1%.

Fonte: Pecuária Rural

Adaptação: Revista Agropecuária

 

 

 

 

Conheça o Curso de Manejo Nutricional de Gado de Corte (Alimentos e Alimentação)

 

 

 

Veja outras publicações da Revista Agropecuária: Agricultura e irrigação - A importância do conhecimento de projetos de sistemas de irrigação para a implantação correta da irrigação Exame clínico em bovinos Feicorte NFT 2013

 

Bovinos de Corte

Destaques

Notícias

Pecuária

Sites relacionados
Revista Veterinária Revista Veterinária Portal Suínos e Aves Tecnologia e Florestas
© 2019 Revista Agropecuária. Todos os Direitos Reservados.