A raça Gir Leiteiro: excelente opção para o setor pecuário

Atributos da raça Gir LeiteiroO Gir Leiteiro é originário da Índia e as primeiras importações foram em 1906, por causa da intensificação na formação da raça Indubrasil. A entrada do Gir no Brasil foram maiores nos anos de 1920 e 1940 e objetivava a seleção genética produtora de carne, uma vez que o conhecimento sobre o potencial do zebu na produção do leite era pouco explorada.

Associação Brasileira dos Criadores de Gir Leiteiro (ABCGIL) foi criada em 1980, com o intuito de avaliar os parâmetros raciais e a produção dos criadores. E em 1985 foi criado o Programa Nacional de Melhoramento do Gir  Leiteiro, da Embrapa Gado de Leite, em parceira com a ABCGIL. O gado zebu indiano se adaptou muito bem em terras tropicais brasileiras, por sua rusticidade.

O gado Gir leiteiro é uma excelente opção para o setor pecuário, por trazer vários benefícios, como a produção de diversos produtos como leite, sêmen, embriões, tourinhos,  matrizes. O Gir leiteiro dá em média 3,9 mil quilos de leite por lactação, com 4% de gordura e 3,5% de proteína.

Outra qualidade do Gir leiteiro é que por ser um animal rústico não demanda alimentação diferenciada e é também muito resistente e não usa tanta medicação, por exemplo, remédio para carrapatos.

Fonte:  Rural Centro

Adaptação: Revista Agropecuária

Conheça o Curso de Avaliação Fenotípica do Gir Leiteiro para Compra e Seleção

Avaliação fenotípica do Gir Leiteiro para compra e seleção

 

Veja outras publicações da Revista Agropecuária: Manejo de pastagem bem feito, melhora a produção pecuária Importação Argentina de produtos lácteos preocupa produtores brasileiros de leite Encontro Minas Leite - SUPERAGRO 2012    

Bovinos

Bovinos de Leite

Notícias

Sites relacionados
Revista Veterinária Revista Veterinária Portal Suínos e Aves Tecnologia e Florestas
© 2019 Revista Agropecuária. Todos os Direitos Reservados.