Redução do preço das árvores de Natal

pinheiros-de-natal-natural-em-vasosÉ chegada a época das festas de fim de ano. Tradicionalmente a maioria dos lares são decorados, as árvores de Natal ganham espaço nas residências, lojas, shoppings, supermercados, entre outros. Porém, muitos optam por árvores artificiais e isso está trazendo prejuízos para os produtores de tuias no Estado de São Paulo.

Segundo relato de produtores, nos últimos seis anos a procura pela planta natural vem diminuindo drasticamente, devido ao aumento do consumo da árvore artificial. O uso da árvore artificial é mais fácil, fica guardada, só monta no final do ano e pode durar toda a vida.  Já o pinheirinho natural dura somente trinta dias.

Para se obter uma árvore de dois metros, o produtor tem que esperar no mínimo quatro anos, mas com o a baixa do mercado, a espera não tem valido a pena, pois o custo é alto e o retorno incerto.

 

Como elaborar projetos para o desenvolvimento e sustentabilidade?

Quais são as técnicas para melhorar a fertilidade do solo?

Quais os conceitos básicos de recuperação, reabilitação e restauração do solo?

 

Fonte: Agricultura Rural

Adaptação: Revista Agropecuária

 

Conheça o Curso de Recuperação de Áreas Degradadas - Manejo, Conservação e Fertilidade do Solo

recuperação de áreas degradas

Diversos

Floresta

Notícias

Sites relacionados
Revista Veterinária Revista Veterinária Portal Suínos e Aves Tecnologia e Florestas
© 2019 Revista Agropecuária. Todos os Direitos Reservados.