Saiba como cuidar de sua pastagem

A pastagem é, em grande parte das fazendas, a principal alimentação para gados, cavalos e outros animais. A degradação dela é, portanto, um grande problema para pecuaristas. E isso acontece quando verificamos a falta de vigor e da capacidade de recuperação natural da mesma, levando problemas na nutrição do animal. Algumas causas desta deterioração são: superlotação de animais, uso excessivo do fogo, ausência de adubação e erros cometidos no controle de pragas. Para evitar que sua pastagem piore, selecionamos aqui algumas dicas que podem fazer a diferença:

Forrageira adequada: Escolha a mais adequada para o animal, seja de capim, milho, aveia e cana de açúcar, dentre outros, e não aquela que está na “moda” no momento.

Plantio correto: Escolher sementes de boa qualidade plante em época chuvosa, distribua as sementes de forma equilibrada e com menos espaço entre elas. Leve em consideração que uma pastagem bem formada mantém o terreno coberto e protege o solo, evitando perdas de nutrientes.

Manejo correto das Máquinas: Certifique se as máquinas e equipamentos para a semeação estão regulados, e assim evite que as sementes sejam distribuídas de forma errada no solo.

Identificar os sinais de degradação: Ervas daninhas, erosão,  perda de peso do gado e diminuição de forrageiras no pasto são indícios de que sua pastagem não vai bem.  Ao perceber isso, faça um diagnóstico de sua área comprometida, procure saber as causas e busque as soluções adequadas.

Em casos mais complicados de degradação será preciso tomar medidas mais drásticas, como a remoção do solo, confecção de curvas de nível, correção do solo, combate as pragas, adubação e toda a reestruturação do pasto.

 

Saiba como recuperar o solo degradado e manter sua fertilidade. Clique aqui.

 

Fonte: Royal Maquinas

Agricultura

Fertilização

Irrigação

Sites relacionados
Revista Veterinária Revista Veterinária Portal Suínos e Aves Tecnologia e Florestas
© 2018 Revista Agropecuária. Todos os Direitos Reservados.