Prevenir plantas daninhas é garantir o sucesso da cultura

As plantas daninhas podem causar sérios empecilhos para o desenvolvimento saudável das lavouras ou jardins, particulares ou comerciais, se não forem extirpadas.

Os fatores responsáveis pelo aparecimento destas plantas são: pássaros, que carregam outras sementes para a cultura, vento, águas de chuvas, ou até mesmo o próprio homem.

Por isso, é sempre importante que o produtor invista em programas que visem erradicá-las. Tais procedimentos devem ser realizados em todos os momentos e fases das culturas, sejam ainda como sementes, raízes, mudas e durante o crescimento.

Há nos métodos específicos desta erradicação os procedimentos manuais ou mecânicos, com a utilização neste último caso de equipamentos agrícolas e através do uso de herbicidas apropriados. 

É muito interessante para o produtor remediar do que atuar contra as plantas daninhas desenvolvidas e já reproduzidas, inviabilizando parte do negócio e as vezes até mesmo todo o negócio.

Por isso é cada vez mais comum à procura por cursos que possam capacitar produtores a lidar com os mecanismos de defesa e erradicação destas plantas, que requerem métodos específicos, sustentáveis e profissionais para serem neutralizadas com sucesso.    
 

As plantações de eucalipto é uma das principais vítimas desse mal. Veja aqui.  

Fonte: Rural News

Floresta e Meio Ambiente

Notícias

Sites relacionados
Revista Veterinária Revista Veterinária Portal Suínos e Aves Tecnologia e Florestas
© 2018 Revista Agropecuária. Todos os Direitos Reservados.