Detalhes da agricultura irrigada

O sucesso de uma cultura agrícola está diretamente ligado a um projeto de irrigação eficiente.

Entretanto, esse sistema deve priorizar a sustentabilidade com o uso racional da água e ter uma tecnologia de baixo custo, que atinja os resultados desejados.

Com a agricultura irrigada é possível o desenvolvimento da atividade agrícola em regiões áridas, como no norte de Minas Gerais e no Nordeste, gerando, além de fonte de renda, empregos e alimentação mais acessível para pessoas dessas regiões.

Semelhantemente, a técnica resguarda também os produtores de prejuízos com as possíveis estiagens das culturas.

Principais tipos de sistemas para a agricultura irrigada

Irrigação por Aspersão

É uma espécie de chuva artificial, essa técnica utiliza grandes quantidades de gotículas no ar com um ou mais jatos de água. Sua principal vantagem é a adaptação a diversas culturas e topografias por não precisar sistematizar o terreno.

Irrigação por Microaspersão

Neste caso, utilizam-se emissores que lançam as gotículas de água em formato de chuva, proporcionando uma precipitação mais suave e uniforme que aspersão. Por ser de fácil adaptação em diversas condições topográficas, a microaspersão é muito indicada.

Irrigação Autopropelido

Esse método adota um único canhão ou mini canhão, no qual é montada uma estrutura sobre ele para se deslocar longitudinalmente ao longo da área a ser irrigada. Com um fácil manejo, sua aplicação é indicada para culturas que apresentam topografia plana ou inclinada.

Irrigação por Gotejamento

A técnica deposita a água diretamente nas raízes das plantas, formando pequenos círculos ou faixas únicas, a perda de água por evaporação no gotejamento é extremamente reduzida.

Qual sistema escolher?

A escolha do método de agricultura irrigada para a sua cultura deve levar em consideração:

- Tipo de solo, relevo e cultura;

- Disponibilidade de água;

- Clima;

- Manejo de irrigação.

É importante consultar um profissional especialista em irrigação, antes de instalar o sistema, que vai recomendar o método mais adequado.

Lucratividade do setor

Mesmo que a produção esteja inserida em um local de condições climáticas inadequadas, é possível realizar a irrigação de forma eficiente, garantir a sustentabilidade e a lucratividade em diversas culturas.

Com a agricultura irrigada, os riscos da falta de água são bem menores e o resultado é o aumento da produtividade, produção na entressafra e a maior qualidade dos produtos. Alguns processos ainda são automatizados e geram uma maior economia em relação à mão de obra profissional.

Para você que deseja tornar sua irrigação mais assertiva, veja este material gratuito:

[Palestra Online] Irrigação mais eficiente

Você pretende ser profissional no assunto?

Então não perca tempo clique no link abaixo e garanta sua capacitação em agricultura irrigada sustentável:

Conhecimento prático em irrigação

Fontes: CPT Cursos Presenciais e AgroSmart

Agricultura

Cursos

Destaques

Irrigação

Notícias

Parceiros

Sites relacionados
Revista Veterinária Revista Veterinária Portal Suínos e Aves Tecnologia e Florestas
© 2018 Revista Agropecuária. Todos os Direitos Reservados.