Cercas elétricas: Uma opção para delimitar áreas destinadas à produção agropecuária!

cercas elétricasAs cercas elétricas vem sendo cada vez mais utilizadas em sistemas pecuário baseados em pastagens. Isso, porque possibilita ao produtor otimizar o uso de sua área e alcançar maior eficiência do pastejo rotacionado.

Atua como aliada na contenção dos rebanhos e utilização racional de pastagens. Além disso, não há como negar que seu uso tornou-se uma forma eficiente para evitar danos físicos aos animais. Em especial, as lesões no couro, na pele e nos úberes.

O sistema é relativamente simples, onde o eletrificador atua convertendo a energia recebida em pulsos elétricos de pequena duração, baixa corrente e alta voltagem. Quando o animal entra em contato com a corrente elétrica, a mesma circula pelo seu corpo e chega até o solo. O choque não causa dores ou danos para o animal, e sim, cria uma barreira psicológica. O sucesso proporcionado pelo uso deste equipamento depende de um bom projeto de construção da cerca. Além de outros fatores importantes que discutiremos ao longo deste artigo. Boa leitura!

Cerca elétrica e o pastejo rotacionado

A pastagem é um componente fundamental para os diversos tipos de criação, elas têm papel importante no manejo alimentar do rebanho. Sendo capazes de impactar em aspectos reprodutivos e sanitários do mesmo. Dentro deste contexto, o pastejo rotacionado é um sistema de divisão da pastagem em piquetes. Afinal, colocar o animal em um único lote leva a um intenso pisoteio da pastagem. É um hábito natural dos bovinos se locomoverem de forma contínua de um lado para o outro. 

Ao realizar a divisão, enquanto uma área está sendo utilizada, a outra está em descanso por um período que costuma variar entre 30 e 35 dias. Após este prazo o gado vai trocar de piquete e encontrar um pasto revigorado. A adoção do sistema de pastejo rotacionado permite um aproveitamento de até 70% do pasto, em contraposição aos 40% de aproveitamento no sistema de pastejo contínuo.

A  introdução das cercas elétricas nas propriedades, tornou o pastejo rotacionado mais simples e eficiente. São estruturas simples e versáteis utilizadas para delimitar as divisórias dos pastos, proporcionando melhor aproveitamento da pastagem.

Vantagens na utilização da cerca

Além dos benefícios relacionados ao manejo do gado que já foram citados até aqui, as cercas elétricas são de baixo custo e em muitos casos, alguns materiais podem ser encontrados na propriedade. Além de outras vantagens como:

  • Manutenção simples;

  • Fácil de ser construída;

  • Melhora o manejo dos animais;

  • Eficiência na contenção dos animais;

  • Pode ser alimentado com energia solar;

  • Pode ser deslocada para outros lugares;

  • Vida útil longa (dependendo da qualidade dos materiais).

Cuidados que fazem a diferença

Para alcançar as vantagens proporcionadas pelo sistema é preciso se atentar a alguns cuidados para evitar problemas. Antes de tudo, as cercas elétricas não devem ser instaladas em regiões de divisa com outras propriedades. A não ser que você tenha um acordo com o vizinho. Dito isso, o primeiro item a ser avaliado é a voltagem que passará pela cerca. Deve ser de no mínimo 4.000 volts e com pelo menos 3 fios. Para te auxiliar neste processo você pode usar um voltímetro analógico ou digital.

O condutor é outro material que faz toda a diferença, se você optar por um de arame liso, o indicado é que seja de alta galvanização. Já se optar por usar o eletroplástico, o ideal é priorizar os modelos trançados, pois são mais resistentes. Se você mesmo for fazer a construção das cercas ao invés de contratar um profissional, defina antes um projeto. E se for possível, deve-se priorizar a instalação de pára raios.

Após a implantação é preciso realizar a manutenção periodicamente. Isso inclui realizar a verificação semanal da tensão elétrica da cerca, a poda do capim que encosta nela, e observar se os isoladores que precisam ser substituídos. Estes cuidados prolongam a vida útil do equipamento e também que ocorram fugas dos animais.

Aprendizado constante

Viu só como a utilização da cerca elétrica proporciona diversos benefícios para a pecuária de corte. Se você ama o mundo pecuário e procura sempre se manter atualizado com as técnicas, temos uma ótima notícia. Nos cursos de gado de corte do CPT Cursos Presenciais você tem a oportunidade de aprender toda a prática que precisa e se tornar um expert na área.

Para isso, você contará com a estrutura da Fazenda Escola CPT, considerada como uma das mais modernas do país. Além de professores especialistas te passando todo o conhecimento necessário para que você possa ter sucesso na atividade. Não perca tempo, pois justamente por priorizar o treinamento prático individual, as turmas são reduzidas. Clique no banner abaixo e confira mais informações!

Fonte: Embrapa, Isolar cercas elétricas e Rural Centro

Áreas

Artigos

Destaques

Sites relacionados
Revista Veterinária Revista Veterinária Portal Suínos e Aves Tecnologia e Florestas
© 2019 Revista Agropecuária. Todos os Direitos Reservados.