Inseminação artificial em bovinos biotecnologia de ponta.

A inseminação artificial (IA) caracteriza-se como uma biotecnologia de ponta, crescente em todos os setores agropecuários brasileiros, uma vez que, oferece grandes vantagens que se relacionam a qualidade dos rebanhos e consequentemente a lucratividade da empresa rural.

Pelo método da IA é feito a deposição mecânica do sêmen do macho, geneticamente superior, na fêmea previamente selecionada, visando à união do espermatozoide com o ovócito.

Dentre as vantagens observadas com a implantação da IA estão: padronização das características do rebanho; melhoramento genético; cruzamento entre raças; facilidade da estação de monta; estocagem e transporte de material genético; controle de doenças sexualmente transmissíveis; entre outras.

Com o uso da IA o número de animais gerados em uma propriedade aumenta, ou seja, é permitida a expansão em grande escala do plantel. Mas, é importante destacar que para o sucesso do procedimento, é importante que os profissionais envolvidos no procedimento sejam treinados e capacitados.

Fonte: CPT Cursos Presenciais  

Saiba quais os procedimentos usados na inseminação artificial bovina.

 Shop Veterinário: conheça nossos equipamentos para reprodução bovina.

Como utilizar a inseminação como ferramenta no melhoramento genético?  

 

IA Bovinos

Áreas

Artigos

Biotecnologia

Bovinos

Pecuária

Sites relacionados
Revista Veterinária Revista Veterinária Portal Suínos e Aves Tecnologia e Florestas
© 2018 Revista Agropecuária. Todos os Direitos Reservados.