Sistema de Plantio Direto de Milho aumenta produtividade

O milho é um dos grãos mais cultivados no Brasil e no mundo. A utilização do Sistema Plantio Direto (SPD) na agricultura brasileira é um avanço e a participação da cultura do milho em sistemas de rotação e sucessão de culturas para assegurar a sustentabilidade desse sistema é imprescindível.

O plantio de milho pelo sistema direto demanda cuidados na implantação, porém, depois de instituído, seus benefícios se estendem ao solo, ao rendimento das culturas e à competitividade dos sistemas agropecuários. Sua implantação devido à drástica redução da erosão reduz o potencial de contaminação do meio ambiente e dá ao agricultor maior garantia de renda, pois a estabilidade da produção é ampliada, em comparação aos métodos tradicionais de manejo de solo.

A utilização pelos produtores de diferentes tecnologias disponíveis no mercado atualmente é fundamental para o aumento da produtividade. Entre todas as tecnologias as medidas de manejo como o Sistema Plantio Direto e a Integração Lavoura-Pecuária são as que mais crescem.

De acordo com o pesquisador da Embrapa Milho e Sorgo, José Carlos Cruz, não se alcança a alta produtividade de um ano para o outro, mas de forma gradual. Ele acrescenta que esse é um processo através do qual o produtor vai aumentando seu conhecimento e o potencial produtivo do solo, obtendo assim ganhos sucessivos. As áreas de alta produtividade têm em comum um manejo que prioriza a matéria orgânica do solo. Então, é importante que o produtor trabalhe com sistemas como o plantio direto e integração lavoura pecuária, aumentando o teor de matéria orgânica e a qualidade do solo.

O pesquisador explica, o produtor deve gerenciar sua lavoura conduzindo as operações de campo em um tempo oportuno, utilizando máquinas e equipamentos adequados que existem atualmente no mercado, aumentando assim, a precisão da agricultura e utilizando insumos de alta qualidade de forma racional e balanceada.

Com relação à cultura do milho, algumas tecnologias evoluíram rapidamente e que talvez a principal delas seja a semente que teve melhoras na sua qualidade. De acordo com Cruz, existe atualmente aproximadamente 500 cultivares diferentes disponíveis no mercado, sendo mais de 170 delas cultivares transgênicas, basicamente com tolerância às lagartas.

A utilização adequada dos fertilizantes deve estar associada à melhor qualidade de semente, melhor qualidade de plantio e melhor controle de pragas e doenças. No caso de altas produtividades, a absorção e exportação de nutrientes aumentam. Além disso, fazendo uma adubação nitrogenada adequada, não se descuidando de aspectos como os micronutrientes e época correta de plantio, o produtor de milho alcança altas produtividades com alta rentabilidade, garante o pesquisador.

Para o pesquisador, é praticamente impossível obter alta produtividade sem ser sustentável. Isso porque, de acordo com ele, para um produtor obter alta produtividade, ele precisa melhorar a qualidade da produção através do sistema de plantio direto com a quantidade de cobertura do solo adequada. Com isso, trabalha-se a sustentabilidade do meio. Quando o assunto é a utilização de insumos, Cruz afirma que ela deve ser a mais eficiente possível, o que está dentro dos princípios de sustentabilidade.

Em relação ao controle de pragas, a utilização de milhos Bt (geneticamente modificados) tem ajudado muito em termos de sustentabilidade porque, antes da utilização de cultivares transgênicas, temos referências de regiões onde se aplicavam até 10 vezes inseticidas para controlar lagartas. Hoje, com os principais milhos Bt, não é preciso realizar nenhuma aplicação de inseticida para controle de lagartas. No entanto, é fundamental que se faça o controle de outras pragas, orienta Cruz.

Fonte: Dia de Campo

Autora: Kamila Pitombeira

Adaptação: Revista Agropecuária

 

 

 

 

Curso de Produção de Milho no Sistema de Plantio Direto

 

 

 

 

Veja outras publicações da Revista Agropecuária: Produção do etanol de 2ª geração, pode chegar até a dobrar a produção Saiba por que o húmus de minhoca é tão importante para as plantas Entenda por que o Agronegócio é tão importante para o Brasil        

 

Quer ficar informado? Cadastre-se e receba nossas novidades diariamente!

Digite seu e-mail: 

Agricultura

Milho

Notícias

Sites relacionados
Revista Veterinária Revista Veterinária Portal Suínos e Aves Tecnologia e Florestas
© 2020 Revista Agropecuária. Todos os Direitos Reservados.