Qual a importância de ter um projeto de irrigação bem planejado

Toda plantação necessita de um projeto de irrigação para ter bons resultados. Acontece que para ter mais produtividade e lucratividade, os produtores rurais precisam conhecer os requisitos de cada sistema para escolher aquele que será mais eficaz para sua cultura. 

 

Um projeto de irrigação adequado é fundamental para a captação, a condução e a distribuição da água para a plantação de forma eficiente. Todavia, muitos agricultores negligenciam a importância de um bom projeto, até mesmo por desconhecimento. Sabendo disso, preparamos este conteúdo para apresentar as variáveis de cada sistema e o que você deve saber para começar a irrigar com planejamento. 

Continue lendo para conferir!



O que é preciso para montar um projeto de irrigação

 

O fornecimento de água é a base para a eficiência da agricultura. Mas, fazer isso sem considerar as técnicas e as variáveis do ambiente, podem trazer problemas para a cultura do produtor. Também não basta escolher um projeto de irrigação de maneira aleatória. 

 

É importante estar ciente de que cada projeto de irrigação é único para uma situação específica, pois ele é resultado de um estudo de parâmetros e também do conhecimento e das decisões tomadas pelo projetista durante a execução. 

 

Por isso, o primeiro passo é considerar fatores como o clima, o solo, o tamanho da área de plantação e o tipo de cultivo. 

 

A quantidade de água será sempre definida em função da cultura. Normalmente não se irriga toda área de uma só vez, a não ser que ela seja pequena. Já em lavouras maiores, a irrigação deve acontecer em frações ou setores da água cultivada. 

 

A quantidade de água também não é a única questão. A qualidade também influencia. Devem ser avaliadas a presença de impurezas biológicas, físicas e de elementos químicos. Ou seja, apenas com todos esses conhecimentos bem definidos é possível escolher qual o sistema de irrigação ideal. 

 

Diferenças entre os sistemas de irrigação

 

A escolha pelos equipamentos que irão compor o sistema escolhido deve ser cautelosa. Não basta escolher e instalar um sistema de irrigação. É preciso conhecê-los, pois cada um apresenta características diferentes. 

 

Irrigação por aspersão

 

Muito apropriado para a irrigação de pastagens, a irrigação por aspersão é um sistema que tem como característica irrigar toda a área. É uma técnica que simula uma chuva artificial onde um aspersor expele água para o ar, que por resistência aerodinâmica se transformam em pequenas gotículas de água que caem sobre o solo e plantas. Este sistema também é indicado para culturas anuais, como milho, soja e feijão. 

 

Irrigação Localizada

 

Através do sistema localizado se aplica água em frações e de maneira controlada na planta, reduzindo, a superfície do solo que fica molhada, exposta às perdas por evaporação. Este projeto de irrigação apresenta menor consumo de água em relação a outros e pode ser considerado mais indicado para culturas perenes, com maiores espaçamentos, como são as frutíferas em geral.

 

Irrigação por Superfície

 

Sistema constituído por canais de irrigação onde a água circula por gravidade com a parte central mais elevada para as plantas. A água desce pela parte superior de um canal mestre que abastece todos os outros. É muito utilizado na cultura de cereais e apresenta vantagens como menor custo, equipamento simples e baixo consumo de energia. 

 

A importância do projeto de irrigação planejado

 

O projeto de irrigação envolve os parâmetros de solo, clima, cultura e equipamentos. Apenas um projeto adequado e eficiente vai garantir que a planta tenha acesso a quantidade de água correta para o seu desenvolvimento e produção. Além das variáveis já apresentadas, o planejamento financeiro também deve estar no seu plano. 

 

O principal objetivo dos produtores é a melhor produtividade somada à redução de desperdícios de água, energia e tempo para gerar uma maior lucratividade para a produção. Se este também é o seu, veja como o Curso de Projetos de Sistemas de Irrigação irá te direcionar para atender à demanda hídrica de cada cultura e garantir rendimentos positivos. 

 

Fontes: CPT Cursos Presenciais, Irrigat, CPT e Cenva, Agropós. 

 

Agricultura

Artigos

Destaques

Fertilização

Irrigação

Sites relacionados
Revista Veterinária Revista Veterinária Portal Suínos e Aves Tecnologia e Florestas
© 2022 Revista Agropecuária. Todos os Direitos Reservados.