Inspeção Sanitária

A marca do Serviço de Inspeção Federal (SIF), deve estar nos produtos de origem animal comprados pelos consumidores. A sigla do órgão é consequência da ação preventiva dos fiscais federais agropecuários nas instalações industriais que fazem o abete, o processamento e o armazenamento de produtos de origem animal.

Os fiscais federais têm a missão de atestar a qualidade sanitária dos produtos fabricados, e se aprovados, os produtos recebem o carimbo e a autorização para comercialização.

Antes de atestar o selo da SIF, os ficais examinam as áreas dos matadouros e frigoríficos averiguando a bom emprego dos programas de autocontrole que devem ser utilizados, assim como a documentação e as condições de saúde do animal. Depois do abate, também são inspecionadas as vísceras e carcaças.

Se os produtos vendidos no estabelecimentos não estiverem de acordo com a vigilância sanitária e com a normas vigentes, a inspeção federal retira os produtos que poderiam lesar a saúde se consumidos, evitando a transmissão de doenças. E também, quando o estabelecimento não atende as condições previstas, poderá ser interditado até cumprimento das exigências e que uma nova supervisão constate a regularidade.

Fonte: Agricultura

Adaptação: Revista Agropecuária

 

 

 

Conheça o Curso de Administração Técnica e Econômica da Bovinocultura de Corte

 

 

 

 

Veja outras publicações da Revista Agropecuária: Agricultura e irrigação - A importância do conhecimento de projetos de sistemas de irrigação para a implantação correta da irrigação Exame clínico em bovinos Feicorte NFT 2013

 

Agroindústria

Frigoríficos

Notícias

Sites relacionados
Revista Veterinária Revista Veterinária Portal Suínos e Aves Tecnologia e Florestas
© 2019 Revista Agropecuária. Todos os Direitos Reservados.