O milho como complemento de renda

O Brasil ocupa a terceira colocação na produção mundial de milho e irá colher na safra 2015/2016, de acordo com a Companhia Nacional de Abastecimento (Conab), mais de 210 milhões de toneladas de grãos.

A produção, embora voltada para as grandes indústrias, de vários países, tem também o seu viés regional, voltado exclusivamente para a geração de renda do pequeno agricultor, sobretudo nesta época do ano, em que são comemoradas as festas juninas com muitos produtos feitos à base de milho.

José dos Santos, agricultor de Sergipe, aproveitou o momento de “pés carregados” e garantiu, por meio de sua propriedade, uma pequena colheita com 37 sacas de 60 quilos de milho verde.  A produção, segundo ele, já tem endereço certo e vai servir como matéria prima para os principais pratos consumidos nesta época do ano, como canjicas e pamonhas.

Outro exemplo é a agricultora Vilma Guimarães, que nesta época do ano chega a fazer 80 pamonhas por semana, por conta do milho colhido em sua propriedade, e que vai direto para a panela, dinheiro que dá pra comprar os alimentos da família e complementar sua renda.

O pequeno agricultor ocupa função preponderante na cadeia produtiva que abastece o mercado brasileiro, sendo essencial para o progresso econômico e social do país.

 

O milho é uma produção sustentável para pequenos produtores que querem complementar a renda. Saiba mais.

Fonte: G1

Agricultura

Áreas

Economia Rural

Milho

Sites relacionados
Revista Veterinária Revista Veterinária Portal Suínos e Aves Tecnologia e Florestas
© 2019 Revista Agropecuária. Todos os Direitos Reservados.