Couro ecológico é a nova tendência no mercado têxtil

O pinãtex é um produto, semelhante ao couro, feito a partir das fibras da folha do abacaxi. O produto vem a cada ano ganhando notoriedade ao atrair a atenção da indústria têxtil, sobretudo pelo seu viés sustentável.

Com isso as 40.000 toneladas de resíduo de abacaxi, que vão para o lixo ou são incineradas, anualmente, pode começar a ganhar novo direcionamento. 

O produto, de acordo com os mais otimistas e visionários, poderia inclusive interferir na matança de gados para a extração de couro animal.

O pinãtex, que possui características leves e flexíveis, foi primeiramente fabricado pela empresa designer Carmen Hijosa, nas Filipinas, sendo utilizado na fabricação de bolsas, sapatos e até mesmo móveis.

Porém, empresas de outras partes do mundo já começaram a também ensaiar alguns investimentos com a pinãtex, como alternativa ao couro, sendo uma tendência que só tem a crescer.

O chamado couro ecológico tem ainda o seu viés social, já que pode ajudar na geração de renda extra aos produtos. 

 

Os nutrientes aplicados nas plantações de abacaxi colaboram para a resistência de suas folhas. Saiba mais.

Fonte: Revista Exame

Áreas

Diversos

Ecologia

Mecanização

Notícias

Sites relacionados
Revista Veterinária Revista Veterinária Portal Suínos e Aves Tecnologia e Florestas
© 2018 Revista Agropecuária. Todos os Direitos Reservados.