Análise bromatológica: qual a importância para nutrição do rebanho?

Bromatos significa “alimento, referente aos alimentos”, e logos é “estudo, ciência”. Assim, podemos definir a análise bromatológica (AB) como a ciência que estuda todos os aspectos que envolvem os alimentos para animais ou seres humanos. 

 

Considerando que o fator nutricional é fundamental no manejo dos bovinos, o pecuarista ou criador precisa se preocupar com a garantia de uma dieta equilibrada e suplementada adequadamente aos seus animais. Neste caso, através da análise, é possível verificar a qualidade dos alimentos oferecidos para o rebanho. 

 

Mas quais parâmetros são verificados na AB? Tire suas dúvidas e aprenda a otimizar a produção da sua propriedade ao longo do texto.

 

Como funciona a análise bromatológica para a nutrição?

 

A análise bromatológica é considerada o primeiro passo do manejo nutricional do rebanho. Durante a análise se avaliam diversos elementos na ração dos animais, tais como:

  • matéria seca;

  • proteína bruta;

  • gordura (extrato etéreo);

  • fibra bruta;

  • cinzas (matéria mineral);

  •  energia (NDT);

  • digestibilidade;

  • propriedades toxicológicas (ureia);

  •  propriedades químicas (Ca, P);

  •  propriedades físicas.

 

Ou seja, uma boa avaliação revela a acurácia na formulação da ração de qualidade. Diversos métodos podem ser utilizados para realizá-la e os laboratórios podem optar por tecnologia de alto padrão para obter resultados confiáveis a partir das amostras vegetais ou fazer uso dos métodos tradicionais de bancada. Apesar de serem mais seguros, eles costumam ser mais demorados e trabalhosos. 

 

Essa etapa permite que os valores nutricionais calculados dos produtos sejam os mais próximos possíveis dos analisados. Matéria seca, proteína bruta, fibra em detergente neutro, digestibilidade da FDN, fibra em detergente ácido, amido, material mineral e outras composições costumam estar entre os parâmetros de verificação.

 

Importância da análise para formulação de dietas

 

Os resultados das ABs auxiliam os gestores a tomarem decisões quanto à matéria-prima e ao custo da dieta, bem como quais fornecedores serão escolhidos. De certa forma, a análise colabora até mesmo para uma economia da propriedade, evitando que haja perda na qualidade da alimentação.

 

Outro ponto importante é que essa também é uma ferramenta para monitorar os processos de fabricação das rações, obtendo-se mais segurança. Importante reforçar que um planejamento alimentar correto é indispensável para os resultados do ciclo como um todo. Ou seja, o investimento traz retorno a longo prazo. 

 

Elabore um programa nutricional adequado

 

Vimos que a bromatologia serve para saber se os alimentos se encontram dentro dos parâmetros, especificações legais ou se possuem algum tipo de aditivo prejudicial à saúde. Durante a verificação, são observados a composição química dos mesmos, valor alimentício e calórico, propriedades físicas, químicas, toxicológicas, adulterantes, contaminantes, fraudes e sua ação no organismo. 

 

Os resultados obtidos servem para elaborar um programa nutricional adequado e garantir um maior desempenho do rebanho. Todavia, essa implantação requer produtores e técnicos agropecuários em conjunto em todas as etapas envolvidas na alimentação animal. 

 

A melhor maneira de alcançar o conhecimento necessário é através dos cursos de atualização. Conheça o Curso de Formulação de Dietas e Rações para Bovinos e saiba como ele poderá alavancar a eficiência do seu rebanho e trazer segurança no manejo alimentar. 

 

Fontes: Semente Biomatrix, Laboratório Terra, Nutrição e Saúde Animal, Minuto Rural. 

 

Áreas

Artigos

Bovinos

Bovinos de Corte

Bovinos de Leite

Pecuária

Sites relacionados
Revista Veterinária Revista Veterinária Portal Suínos e Aves Tecnologia e Florestas
© 2022 Revista Agropecuária. Todos os Direitos Reservados.