Informações sobre a Lagarta Helicoverpa armigera

A Helicoverpa armigera é uma praga presente na Ásia, Oceania, África e parte da Europa. Presente com grande intensidade no algodão, no milho e em hortaliças. Em sua fase de larva é muito agressiva e pode se alimentar de mais de 100 espécies de plantas, apresentando resistências às diversidades climáticas, chega a colocar de 300 a dois mil ovos. Em lugares infestados a grande dificuldade de controle, em especial por ser resistente a muitas inseticidas.

A larva adulta possui uma grande capacidade migratória, para o manejo desta praga é essencial o monitoramento das populações, acompanhando suas evoluções, considerando todos os seus estágios de vida. Alternativas de controle estão sendo  desenvolvidas a fim de capturar os insetos para confirmação e monitoramento de suas espécies. O nível de controle da larva ainda está em estudo no Brasil.

O Mapa liberou a utilização de inseticidas registradas, e vem pesquisando medidas para diminuir os riscos de infestações, para ter uma base de como realizar o controle químico, usa-se dados de controles em outros países. Existem diversos tipos de inseticidas para controlar as diversas ações da lagarta, porém algumas necessitam de doses elevadas e em outras a praga já se tornou resistente.

A tecnologia utilizada é o principal ponto para ter sucesso no controle da praga, devem-se considerar os estágios da larva e as doses necessárias, sendo ajustado o volume das herbicidas e fungicidas utilizadas. A larva pode trazer muitos prejuízos financeiros e ambientais para os produtores.

 

O uso de defensivos deve ser cada vez mais aprimorado para o combate dessa praga. Saiba mais.

Fonte: Grupo Cultivar

Milho

Notícias

Soja

Sites relacionados
Revista Veterinária Revista Veterinária Portal Suínos e Aves Tecnologia e Florestas
© 2019 Revista Agropecuária. Todos os Direitos Reservados.