Catarinenses sofrem com javalis

Nos últimos anos os javalis têm causado grandes perdas econômicas aos produtores catarinenses. Lavouras são atacadas por eles, são pisoteadas e servem de alimentos para os animais. Comunidades rurais são as mais prejudicadas pela presença de milhares desses animais.

Os javalis são agressivos e podem atacar pessoas, as lavouras mais atingidas são as de cereais, normalmente invadidas por bandos de ate 50 animais de uma só vez.  A cidade mais prejudica é Lages e o Parque Nacional das Araucárias que possui mais de 12.000 hectares de terras. Vários outros municípios também são lugares de migração dos javalis.

Esses animais podem transmitir doenças graves, como: a peste africana, febre aftosa, brucelose, tuberculose, entre outras. Além de provocar a diminuição das aves, matando ainda espécies da fauna. Desde 2010 existe este problema no estado de Santa Catarina.

Uma possível solução é o abate controlado do animal, porém, a sua criação é muito acelerada, somente órgãos ambientas como a Polícia Militar Ambiental e pessoas registradas podem realizar o abate. Existem poucas pessoas cadastradas para a realização do abate enquanto existe um número incontável de animais na região.

 

Esses animais aglomerados em uma só área causam sérios danos ao solo. Saiba mais.

Fonte: Suinocultura Industrial

Agricultura

Notícias

Sites relacionados
Revista Veterinária Revista Veterinária Portal Suínos e Aves Tecnologia e Florestas
© 2019 Revista Agropecuária. Todos os Direitos Reservados.