A importância da correção dos solos na agricultura

Nem sempre os solos estão aptos para o cultivo e produção agrícola, apresentando em muitos casos a falta ou o excesso de determinado tipo de nutriente.

Nos casos de acidez excessiva, por exemplo, que são bastante comuns, pode ocorrer uma maior quantidade de alumínio e hidrogênio e a falta de cálcio, condições que impedem o crescimento das raízes e fortalecimento da planta.

Neste e em outros casos é necessária a intervenção humana por meio de diferentes técnicas de correções do solo, que só devem ser realizadas mediante o conhecimento e especialização do profissional envolvido, no caso o Engenheiro Agrônomo.

Somente ele estará capacitado a analisar, por meio de amostras, os tipos de solos, os produtos a serem aplicados, as quantidades específicas e todo o projeto em questão.

As correções dos solos proporcionam, em média, e de acordo com vários estudos, um aumento de mais de 100% da produtividade, ou seja, bem mais que o dobro se comparado às outras condições sem correções.

Amplie a produtividade em qualidade e lucratividade seguindo algumas dicas de manejo com o solo na agricultura. Confira.

Fonte: Gestão no campo

Agricultura

Mecanização

Notícias

Parceiros

Tecnologia

Sites relacionados
Revista Veterinária Revista Veterinária Portal Suínos e Aves Tecnologia e Florestas
© 2019 Revista Agropecuária. Todos os Direitos Reservados.