TUDO O QUE AINDA NÃO TE CONTARAM SOBRE TRANSGÊNICOS

Como realizar um projeto de irrigação para a cultura do milho?

O cultivo do milho, sobretudo em grande escala, deve contar com um planejamento minucioso e levar em consideração diversos fatores, dentre eles os riscos climáticos, os quais podem comprometer o sucesso produtivo. É importante que estes produtos estejam, em boa parte de seu desenvolvimento, plantados em épocas com boa distribuição de chuvas.

Caso contrário, um investimento em irrigação será necessário. Isso, obviamente, sem abrir mão de múltiplos itens também importantes, como o a qualidade do solo, tipo de semente, fertilizantes, dentre outras variáveis que podem influenciar na produtividade. 

A decisão de irrigar deve ser levada em consideração mediante um quadro de informações detalhados acerca das condições meteorológicas, realizadas por uma assessoria técnica. Deve-se também levar em consideração as características do tipo de milho frente às questões hídricas, como o seu comportamento e desenvolvimento diante de diferentes perspectivas hídricas. 

Outra questão muito importante no projeto de irrigação relacionado ao investimento na tecnologia, que deve contar com o melhor custo benefício. Assim, deve ser levado em consideração o ponto de equilíbrio entre os gastos, que envolvem tubulações, circuitos elétricos, obras hidráulicas, dentre outros, e uma produção viável.

Somente mediante estas e outras informações será possível realizar um investimento de irrigação que dê resultados.

Saiba aplicar de forma eficiente um sistema de irrigação adequado a sua plantação e garanta maior rendimento da produção. Confira.

Fonte: Grupo Cultivar

Agricultura

Irrigação

Milho

Notícias

Parceiros

Sites relacionados
Revista Veterinária Revista Veterinária Portal Suínos e Aves Tecnologia e Florestas
© 2017 Revista Agropecuária. Todos os Direitos Reservados.