Soro do leite vira plástico biodegradável

Pesquisadores espanhóis através de um projeto patrocinado pela união européia desenvolveram um plástico biodegradável a partir de proteínas presentes no soro do leite. O soro do leite é um resíduo que sobra da produção de queijo, sendo produzidos atualmente 50 milhões de toneladas por ano deste soro que por sinal quase metade é descartado.  Sendo uma boa idéia de se utilizar deste soro para produzir plástico biodegradável diminuindo a poluição que é causada pelo uso de plásticos à base de petróleo.

O processo de fabricação deste plástico inicia-se com o recolhimento do soro nas fábricas, em seguida ele é filtrado e extrai-se a proteína pura do leite. Depois uma camada do líquido é aplicada para dar resistência ao plástico e também para facilitar a reciclagem, de acordo com os estudiosos.

"Esta proteína de soro de leite pode ser dissolvida por enzimas em água, deste modo, as camadas são separadas umas das outras. O que torna a reciclagem dos materiais muito mais fácil", explica Klaus Noller, responsável do departamento de materiais no Instituto Fraunhofer, na Alemanha. Certamente, tal facilidade é uma grande vantagem em relação aos plásticos tradicionais.

Os sacos biodegradáveis de soro de leite visam atingir o mercado de embalagens de alimentos. Segundo o projeto, a tecnologia deve chegar ao mercado dentro de dois anos.

  Fonte: Euronews Adaptação: Revista Agropecuária  

Conheça o Curso: Como Montar uma Fábrica de Ração em seu Município

  Veja outras publicações da Revista Agropecuária: Puma cria sacola biodegradável Cientistas da UNESP criam plástico a partir de frutas Milho transgênico será capaz de produzir colágeno    

Quer ficar informado? Cadastre-se e receba nossas novidades diariamente!

Digite seu e-mail:

Bovinos de Leite

Notícias

Pecuária

Sites relacionados
Revista Veterinária Revista Veterinária Portal Suínos e Aves Tecnologia e Florestas
© 2020 Revista Agropecuária. Todos os Direitos Reservados.