Projeto quer levar usinas e irrigação para o Semi-Árido

Aliados à irrigação, clima seco, alta incidência de luz solar e chuvas concentradas em poucos meses do ano fazem da região uma das melhores do Brasil, para o cultivo da cana-de-açúcar, podendo produzir até 200 toneladas por hectare, segundo a Embrapa.

Este é o objetivo de um projeto que está sendo desenvolvido pelo ministério da Integração Nacional. O ministro Fernando Bezerra Coelho vai apresentar o projeto para a presidente Dilma Roussef semana que vem. O projeto pretende levar novas usinas de etanol a essa região pobre do Nordeste, criando empregos, aumentando a renda, e aumentando a produção brasileira de etanol. O principal objetivo é, além de ampliar a produção do combustível no Brasil, impulsionar o programa de irrigação na região, cujo investimento poderá alcançar R$ 5 bilhões por meio de PPPs (parcerias público-privadas). A condição ideal afastaria o risco de quebra da safra da cana por condições climáticas, como ocorreu este ano, na região centro-sul do país, e a consequente elevação dos preços dos combustíveis, por escassez do etanol.

  Fonte: Folha de São Paulo Adaptação: Revista Agropecuária    

Conheça o Curso de Irrigação e Manejo de Pastagens

  Veja outras publicações da Revista Agropecuária: Petrobrás vai investir pesado em bicombustíveis nos próximos 5 anos Plantação de cana intercalada com floresta reduz emissão de CO2 Petrobrás investirá em novas usinas    

Quer ficar informado? Cadastre-se e receba nossas novidades diariamente!

Digite seu e-mail:

Floresta e Meio Ambiente

Notícias

Sites relacionados
Revista Veterinária Revista Veterinária Portal Suínos e Aves Tecnologia e Florestas
© 2020 Revista Agropecuária. Todos os Direitos Reservados.