Em defesa do Biodiesel

A produção de biocombustível começa a ser discutida por uma Frente Parlamentar lançada em Brasília, formada por 260 deputados e senadores. Uma das medidas defendidas pelos parlamentares é a mistura, no diesel, aumentada de 5% para até 20%, nos próximos 10 anos.

Segundo o presidente da Frente Parlamentar, o deputado Jerônimo Goergen, a aprovação desse projeto deve ser imediata.

Mesmo tendo condições de produzir o biodiesel, em sei bilhões de litros, a indústria brasileira não o faz, trabalhando bem menos do que é esperado. Neste ano, por exemplo, a produção deve ser 50% menor do que a capacidade. A pouca demanda é a principal causa desse déficit, de acordo com a Associação Brasileira dos Produtores, que pede a ampliação do mercado.

A ociosidade das indústrias poderá ser diminuída pelo aumento da mistura, e a frente acredita que os investimentos na cadeia produtiva cheguem a R$ 28 bilhões, na próxima década. A soja exportada poderia ser aproveitada na produção brasileira, segundo os produtores.

"Se aumentarmos o percentual de biodiesel, nós teremos necessidade de mais matéria prima. Vamos processar mais oleaginosas, internamente, agregando valor e gerando emprego, no Brasil. Da forma como fazemos hoje, exportamos os grãos da soja e de outras oleaginosas gerando emprego em outros países. Queremos o desenvolvimento do Brasil", diz Erasmo Battistella, presidente da Aprobio, Associação dos Produtores de Biodiesel do Brasil.

José Carlos Vaz, ministro interino da Agricultura, afirma ser importante que o Brasil exporte produtos com valor agregado, mas é preciso preservar a saída, via grãos. Acha também, igualmente importante, buscar o equilíbrio, a melhor solução de abastecimento e de logística.

Na próxima semana, devem-se iniciar as discussões, no Congresso, com a meta de se colocar em questão o projeto de lei que prevê a redução do imposto sobre produtos industrializados, para o biodiesel,  com maior urgência.

 

Fonte: G1

Adaptação: Revista Agropecuária

 

Conheça o Curso de Recuperação de Áreas Degradadas - Manejo, Conservação e Fertilidade do Solo

  Veja outras notícias da Revista Agropecuária: Pecuária brasileira é destaque em tecnologia e sustentabilidade » Produtores de mamona investem em sua produção para biodiesel Pinhão-Manso - Alternativa para produção de biodiesel e ração de animais  

Quer ficar informado? Cadastre-se e receba nossas novidades diariamente!

Digite seu e-mail:

Biodiesel

Floresta e Meio Ambiente

Notícias

Sites relacionados
Revista Veterinária Revista Veterinária Portal Suínos e Aves Tecnologia e Florestas
© 2020 Revista Agropecuária. Todos os Direitos Reservados.