Eucalipto, no Paraná, ameaça araucária.

Numa operação chamada de "Atlântico Verde", para indentificar as áreas desmatadas, organizada pelo Ibama, no Paraná, constatou-se que foram perdidos 718,66 hectares de floresta ombrofila mista - floresta com Araucária, entre corte raso e corte seletivo.

 

Constatou-se que, somente na área de um único proprietário, localizada no município de Inácio Martins (PR), foram destruídos 534,50 hectares desse tipo de floresta. "Lamento muito que isso esteja acontecendo", comentou o superintendente do Ibama, no estado, HelioSydol. A principal causa deste desmatamento é a busca de terras para plantio de pinho e eucalipto, e cereais, nas áreas planas pelos produtores da região. Em 2000, as áreas remanescentes de araucárias equivaliam a apenas 0,8% da cobertura original e "este quadro vem piorando cada vez mais" afirmaSydol.

  Fonte: Globo Rural Adaptação: Revista Agropecuária  

Conheça o Curso de Recuperação de Áreas Degradadas - Manejo, Conservação e Fertilidade do Solo

  Veja outras  notícias na Revista Agropecuária: Plantio direto se expande nos campos brasileiros Novo Código Florestal será votado em março de 2012 Bambu é utilizado para gerar renda e créditos de carbono no Acre  

Quer ficar informado? Cadastre-se e receba nossas novidades diariamente!

Digite seu e-mail: 

Ecologia

Floresta

Notícias

Sites relacionados
Revista Veterinária Revista Veterinária Portal Suínos e Aves Tecnologia e Florestas
© 2019 Revista Agropecuária. Todos os Direitos Reservados.