Estabilidade para o boi gordo no mês de outubro

Nas regiões acompanhadas pelo Centro de Estudos Avançados em Economia Aplicada (Cepea), durante o correr do mês de outubro as cotações do boi gordo vêm se mantendo estáveis. Em geral, os operadores de mercado consultados têm considerado o mercado firme.

As atuais escalas requerem que compradores se mantenham ativos, ao mesmo tempo em que a oferta não é grande. Porém, mesmo com interesse por adquirir novos lotes, em apenas alguns negócios que frigoríficos ofertam preços acima do intervalo de preços.

Na quarta-feira, 24, o Indicador do boi gordo ESALQ/BM&FBovespa fechou a R$ 96,17, com ligeira alta de 0,2% no acumulado de outubro.

Esta foi a primeira vez que o Indicador se manteve praticamente estável neste mês, em comparação aos meses de outubro dos últimos 12 anos.

Fonte: Peucária

Adaptação: Revista Agropecuária

 

 

 

Conheça o Curso de Manejo Nutricional de Gado de Corte (Alimentos e Alimentação)

 

 

 

 

Veja outras publicações da Revista Agropecuária: Produção do etanol de 2ª geração, pode chegar até a dobrar a produção Saiba por que o húmus de minhoca é tão importante para as plantas Entenda por que o Agronegócio é tão importante para o Brasil  

Bovinos

Notícias

Pecuária

Sites relacionados
Revista Veterinária Revista Veterinária Portal Suínos e Aves Tecnologia e Florestas
© 2019 Revista Agropecuária. Todos os Direitos Reservados.