Menores ofertas sustentam alta no preço do trigo

Estimativas de menores ofertas brasileiras e mundiais de trigo contribuem para sustentar a elevação nos preços do cereal. No Brasil os preços do trigo já subiram aproximadamente 45% no mercado disponível e de 36% no mercado de balcão em 2012.

Novas altas são esperadas pelos agentes consultados pelo Centro de Estudos Avançados em Economia aplicada (CEPEA), o fundamento para o aumento dos preços externos é a desvalorização que vem ocorrendo do real frente ao dólar.

A colheita do cereal brasileiro caminha para a reta final e sem perspectivas de boa safra, principalmente para o Rio Grande do Sul. Para os pesquisadores do Cepea as importações devem aumentar significativamente para suprir o consumo interno. Vale considerar que, receosos de que se repetisse o baixo interesse de moinhos nacionais no período de colheita, produtores brasileiros buscaram e encontraram importadores interessados no trigo nacional.

Os compradores continuam ativo no mercado spot brasileiro, dando boa liquidez, a todas as regiões pesquisadas pelo Cepea. No mercado de derivados, os negócios têm estado mais fracos devido às expressivas altas nos últimos meses.

Fonte: Agricultura

Adaptação: Revista Veterinária

 

 

Curso de Produção de Milho no Sistema de Plantio Direto

 

 

Veja outras publicações da Revista Agropecuária: Escala do boi gordo está heterogênea Falta de pastagem desvaloriza bezerro desmamado em MG Manejo Intensivo de Pastagem  

 

Agricultura

Notícias

Sites relacionados
Revista Veterinária Revista Veterinária Portal Suínos e Aves Tecnologia e Florestas
© 2020 Revista Agropecuária. Todos os Direitos Reservados.