A boa prática na fabricação de ração

Com um mercado crescente a demanda por rações também vem crescendo em grande escala. Porém, para se firmar no mercado é preciso oferecer produtos de qualidade em sinergia com as exigências do mercado, o Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (MAPA), órgão regulador da atividade, que exige através da legislação vigente a implantação de boas práticas de fabricação nos estabelecimentos produtores de alimentos para animais.

O MAPA exige registro de todos os estabelecimentos que fabricam, fracionam, importam, exportam e comercializam rações, suplementos, premix, núcleos, alimentos para animais de companhia, ingredientes e aditivos usados na alimentação animal.

A produção com a segurança e higiene dos alimentos, é exigência e preocupação de todos envolvidos no processo de vendas e criação. Para garantir as boas práticas alguns cuidados especiais devem ser tomados como: boas práticas agropecuárias, veterinárias e produção; uso responsável de medicamentos; bem estar animal e responsabilidade com inocuidade e qualidade, sendo que todos os operadores são responsáveis ao longo da cadeia alimentar pelo alimento seguro aos animais e ao homem.

Fonte: CPT Cursos Presenciais

Adaptação: Revista Agropecuária

 

 

Conheça o Curso de Boas Práticas de Fabricação de Ração - BPF implementação e gestão

BOAS PRATICAS DE FABRICAÇÃO DE RAÇÃO

Artigos

Cursos

Sites relacionados
Revista Veterinária Revista Veterinária Portal Suínos e Aves Tecnologia e Florestas
© 2020 Revista Agropecuária. Todos os Direitos Reservados.