Suplementação bovina com capineira

A suplementação bovina é realizada na maioria das vezes porque as pastagens não apresentam boa qualidade, e com isso a qualidade do rebanho é prejudicada pela má alimentação. A suplementação com capineira é muito utilizada para a produção de forrageira de corte.

A produção e o valor nutritivo alcançado por uma forrageira dependerá de alguns fatores que devem ser observados antes da escolha como: tipo de forrageira como espécie e variedade; condições climáticas; condições do solo; manejo e corte; e também idade da rebrota da forrageira.

 Para a reprodução e bom desenvolvimento da capineira é preciso seja profundo e drenado, uma vez que, o solo dessa maneira a evolução da plantação é garantido. É recomendável que o local escolhido e previamente selecionado para o plantio se encontre próximo ao fornecimento dos animais, assim o transporte e manutenção são facilitados além de diminuir os custos.

Na plantação de capineira geralmente as gramíneas mais utilizadas são o capim elevante, napier, cameron e capim-tobiatã. Após a escolha do capim e da preparação da área, o período de plantação é entre os meses de novembro a dezembro após as primeiras chuvas.

 

Quer aprender técnicas modernas de avaliação de alimentos e manejo da alimentação bovina? Confira.

Como implantar o manejo racional da alimentação com a máxima eficiência de produção animal?

Quais os princípios básicos da nutrição e digestão dos bovinos?  

 

Fonte: Agro Mundo

Adaptação: Revista Agropecuária

 

 

Conheça o Curso de Manejo Nutricional de Gado de Corte (Alimentos e Alimentação)

manejo nutricional gado de corte2

Bovinos

Destaques

Notícias

Pecuária

Sites relacionados
Revista Veterinária Revista Veterinária Portal Suínos e Aves Tecnologia e Florestas
© 2019 Revista Agropecuária. Todos os Direitos Reservados.