Tuberculose em bovinos

primeirsos socorros em bovinosA tuberculose bovina é causada pela bactéria Mycobacterium bovis e afeta os pulmões dos animais passando a ser contagiosa e crônica assim que se estabelece, podendo ser transmitida não somente a outros bovinos, mas como a qualquer animal de sangue quente, inclusive o ser humano.

Os sintomas da doença são observados já em estágio avançado da moléstia, nas fazes iniciais não são detectados. Depois que a bactéria se instala nos pulmões o animal apresenta tosse que se torna crônica podendo chegar a pneumonia. O animal também apresenta quadro febril baixo, e a doença pode atacar também o cérebro, rins ou medula espinhal.

O agravamento da doença leva ao emagrecido, pois o gado perde o apetite, a tosse se agrava em climas frios e com a prática de exercícios, o animal e torna letárgico e fraco. A doença em seu estágio terminal dificulta a respiração dos bovinos, há o aparecimento de linfonodos inchados que pode ocasionar o bloqueio dos vasos sanguíneos e vias aéreas. Casos de constipação e diarreia são observados se o trato intestinal for comprometido.

Em locais onde o produtor realizar adequadamente os programas de erradicação, a doença pode ser detectada ainda no estágio inicial através de testes regulares e quando há comprovação da doença todo o rebanho é sacrificado e a propriedade deve ser desinfetada, novos rebanhos só poderão ser introduzidos se houver a comprovação de um período de trinta dias sem registro da doença.

Assim, para evitar futuros problemas com a produção, a melhor forma de prevenção da tuberculose é realizar adequadamente os programas de erradicação da doença.

Fonte: Ehow

Adaptação: Revista Agropecuária

 

Conheça o Curso de Primeiros Socorros em Bovinos

Primeiros Socorros em Bovinos2

Bovinos

Notícias

Saude animal

Sites relacionados
Revista Veterinária Revista Veterinária Portal Suínos e Aves Tecnologia e Florestas
© 2019 Revista Agropecuária. Todos os Direitos Reservados.