Colostragem de cordeiros

cordeiro precoceA colostragem dos cordeiros recém-nascidos garante um desenvolvimento de qualidade dos animais, mas para isso pé muito importante que as matrizes produtoras sejam bem cuidadas durante todo o processo de gestação.

Os cordeiros nascem carentes de qualquer memória imunológica, uma vez que, a placenta das fêmeas é do tipo epitélio-corial não permitindo que os filhotes tenham contato com as células de defesa da mãe durante o processo gestacional. Dessa forma, oferecer o colostro ao filhote é a única forma de passar os anticorpos da mãe para o filhote. O colostro será a proteção do filhote até o desenvolvimento da sua imunidade ativa.

Para garantir o bom desenvolvimento do filhote o colostro oferecido deve ser de boa qualidade, apresentar alta concentração de anticorpos e o filhote precisa ingerir o alimento em quantidade adequada em até 24 horas depois de nascido, mas a preferência é a ingestão nas primeiras 6 horas de vida. O colostro de boa qualidade será garantindo se os cuidados necessários às reprodutoras forem oferecidos como o saneamento básico, alimentação adequada, vacinação em dia, água de qualidade, entre outros.

 

Qual a situação da ovinocultura de corte e de leite no Brasil?

Como realizar o manejo sanitário do rebanho?

Quais cuidados nutricionais relacionados à reprodução devem ser tomados ?

 

Fonte: Revista Arco

Adaptação: Revista Agropecuária

 

 

Conheça o Curso de Manejo Reprodutivo em Ovinos

Manejo Reprodutivo em Ovinos2

 

Destaques

Notícias

Ovinos

Sites relacionados
Revista Veterinária Revista Veterinária Portal Suínos e Aves Tecnologia e Florestas
© 2019 Revista Agropecuária. Todos os Direitos Reservados.