Diagnóstico de prenhez em bovinos

O diagnóstico de prenhez visa determinar a existência e a duração da gestação através do método de palpação retal. O método é realizado a partir dos 45 dias após a monta natural ou inseminação artificial (IA). A palpação retal é auxiliada com a técnica da ultrassonografia possibilitando um diagnostico precoce.

As vantagens observadas com o uso da palpação retal auxiliada pela ultrassonografia é a facilidade no uso de decisões que interferem no índice de produtividade, facilita o manejo, previne os gastos desnecessários, possibilita a avaliação mais rápida da eficiência dos programas de indução e sincronização do cio. A fêmea prenha tem o organismo modificado, há alterações hormonais, comportamentais e anatômicas.

A palpação retal deve ser realizada pelo médico veterinário, para evitar acidentes o animal precisa ser contido em tronco e, é preciso utilizar os materiais adequados. Os animais quando prenhez apresentam sinais característicos, como vesícula aminiótica, feito de parede dupla placentômeros e feto.

 

Fonte: www.infoescola.com/medicina-veterinaria

 

Conheça as biotécnicas mais avançadas.

Saiba mais sobre os conceitos gerais da fisiologia ovariana bovina.


Artigos

Bovinos

Pecuária

Sites relacionados
Revista Veterinária Revista Veterinária Portal Suínos e Aves Tecnologia e Florestas
© 2019 Revista Agropecuária. Todos os Direitos Reservados.