Características rústicas dos búfalos

Apesar dos búfalos serem animais rústicos e estão sujeitos às mesmas doenças que acometem os bovinos. É preciso, dessa forma, tomar as devidas medidas profiláticas usuais, como vacinação, desverminizações, pulverizações e exames periódicos de controle.

A pele dos búfalos é mais grossa, tem pelagem negra e com menor quantidade de glândulas sudoríparas, principalmente em clima mais quente. É preciso evitar a ocorrência de estresse térmico, oferecendo aos animais sombra e água, para beber e para o banho, evitando assim o comprometimento na produção, no desenvolvimento e mesmo na fertilidade do rebanho.

É importante ter nestas criações um lago ou açude, pois isso ajuda o animal a se refrescar, hidrata a pele e protege contra os raios solares. É preciso ficar atento quanto à contenção, às cercas podem ser de arame farpado ou liso, mantidas em excelente estado de conservação. Estes animais também respeitam as cercas de elétricas, mesmo com só um fio, mas quando não há alimentos disponíveis, os búfalos podem romper o cercado.

São raros problemas com temperamento, apesar do tamanho avantajado, a não ser as fêmeas com crias recém-nascidas. Em criações de búfalos não é verificado o comportamento de dominância que é observado nos touros bovinos. A rotina e interação com os tratadores é fundamental na manutenção dos níveis de produção das fêmeas. Mudanças bruscas de manejo, presença de estranhos durante a ordenha, alterações na regularidade das ordenhas e alimentação são fatores que podem promover a redução da produção.

           

Fonte: www.criareplantar.com.br

 

Curso de Administração Técnica e Econômica da Bovinocultura de Corte

Áreas

Artigos

Bovinos

Pecuária

Sites relacionados
Revista Veterinária Revista Veterinária Portal Suínos e Aves Tecnologia e Florestas
© 2019 Revista Agropecuária. Todos os Direitos Reservados.