Indústria do pescado quer aumentar consumo de peixe no Brasil

A Abipesca, Associação Brasileira das Indústrias de Pescado, está com uma meta ambiciosa para os próximos dois anos: aumentar o consumo de peixe no mercado interno, saltando para 80% de participação. É que atualmente, de acordo com pesquisas, o brasileiro consome cerca de 10 quilos anuais. Porém, a quantidade consumida representa 50% de peixe importado. 

Uma das estratégias é criar mecanismos, inclusive de marketing, para mostrar ao consumidor os benefícios da carne de peixe, como forma de reduzir este desequilíbrio da balança comercial.

De acordo com dados oficiais, as exportações brasileiras renderam em 2015 o valor de R$ 198,22 milhões, principalmente de lagostas. Já as importações o valor de US$ 1,1 bilhão. Ou seja, há um déficit de US$ 1 bilhão.

A China é o grande exportador para o Brasil, sendo que os empresários brasileiros querem justamente criar mecanismos de competição contra o país.

Exigem ainda um tratamento mais justo em relação aos produtos brasileiros, que sofrem mais empecilhos sanitários do que o inverso.

Em virtude desta situação, os prognósticos para o final deste ano não são animadores para o setor, que deverá ter uma queda de 5% na receita.

 

Os pequenos criadores de peixes também podem lucrar com suas vendas. Saiba mais.

Fonte: Revista Globo Rural

Agricultura

Artigos

Notícias

Piscicultura

Sites relacionados
Revista Veterinária Revista Veterinária Portal Suínos e Aves Tecnologia e Florestas
© 2019 Revista Agropecuária. Todos os Direitos Reservados.