Confinamento mal planejado de bovinos pode ocasionar doenças

O confinamento de bovinos é uma opção cada vez mais utilizada pelos produtores, que encontram nestas áreas restritas, geralmente baias ou piquetes, ambientes para acelerar o desenvolvimento do animal para abate, tendo em vista uma alimentação monitorada e constante.

Outro objetivo do confinamento é simplesmente oferecer ao animal condições melhores, em função do período em que a pastagem pode estar sem quantidades e qualidade suficientes para suprir as necessidades do animal, sobretudo nos períodos secos e de inverno.

 Diante disso o confinamento no Brasil é como se fosse uma regra, iniciando-se geralmente no período de maio, com vista a garantir um melhor desempenho para o animal.

Entretanto, há estudos que indicam que 8% dos bovinos em confinamento contraem doenças. Por isso é necessário um planejamento de confinamento, sobretudo com cuidados sanitários e nutricionais.

O estresse no animal, nestes ambientes muito fechados, pode comprometer seu sistema imunológico. O transporte, a dificuldade de adaptação ao ambiente, clima, poeira, a proximidade com outros animais, também podem ser fatores colaboradores para o aparecimento das doenças, sendo mais comuns as infectocontagiosas, causadas por vírus.

Alguns exemplos são as respiratórias, como pneumonia, e também as digestivas, de pele e a acidose, sendo esta última por conta do excesso de consumo de carboidratos. Também podemos citar o timpanismo, papilomitose, diarreias, fungos e vermes.

Um planejamento de confinamento, portanto, deve estar conjugado com vacinas periódicas, controle de parasitas, condições sanitárias favoráveis, e boas práticas em vários outros quesitos, para que as doenças sejam evitadas.

 

Saiba como administrar e planejar a bovinocultura de corte. Clique aqui.

Fonte: Agroline

Bovinos de Corte

Mecanização

Notícias

Pecuária

Sites relacionados
Revista Veterinária Revista Veterinária Portal Suínos e Aves Tecnologia e Florestas
© 2019 Revista Agropecuária. Todos os Direitos Reservados.