Primeiro semestre regista aumento das exportações de carne bovina

Boas notícias para a bovinocultura brasileira foram dadas recentemente pela Associação Brasileira da Indústria Exportadora de Carne (Abiec). A entidade registrou um expressivo aumento das exportações de carne bovina brasileiras.

 Os embarques chegaram a aproximadamente 735 mil toneladas, o que representa um aumento de 12% no mesmo período do ano passado.

O principal destino do produto brasileiro, in natura e também industrializado, foi novamente Hong Kong, com cerca de 178 mil toneladas. Em segundo lugar, a China, com mais de 87 mil toneladas. Em terceiro a União Europeia, com 85 mil toneladas.

Diante destes números, a exportação representou mais de US$ 2,8 bilhões para a balança comercial brasileira. Somente Hong Kong gerou um lucro de mais de US$ 614, milhões para os nossos cofres.

Em comunicado a Abiec divulgou por meio de seu presidente, Antônio Jorge Camardelli, a importância da participação chinesa. E que se o crescimento permanecer neste ritmo é possível que o Brasil consiga superar o ano de 2014, quando obteve recorde de exportação para o país.

O presidente citou também o crescimento das exportações para a Arábia Saudita, sendo que o país vem demonstrando o seu potencial de consumo para a carne brasileira.

 

Com o aumento da demanda de exportação da carne bovina o mercado precisa contar com conhecimento de profissionais na área de avaliação e tipificação das carnes. Saiba mais.

Fonte: Revista Globo Rural

Bovinos de Corte

Mecanização

Notícias

Pecuária

Sites relacionados
Revista Veterinária Revista Veterinária Portal Suínos e Aves Tecnologia e Florestas
© 2019 Revista Agropecuária. Todos os Direitos Reservados.