Primeiro semestre registra aumento das exportações de carne bovina

De acordo com levantamento do ABIEC (Associação Brasileira das Indústrias Exportadoras de Carnes), o Brasil registrou um aumento de 12% de exportações de carne bovina, no primeiro semestre deste ano, em relação ao mesmo período do ano passado. O percentual foi levantado entre janeiro e junho. Isso representa mais de 736 milhões de toneladas. O montante chega a US$ 2,8 bilhões de faturamento para o setor.

Um dos motivos atribuídos ao aumento se deve as exportações a Hong Kong, primeiro no ranking de países na compra de carne brasileira. Em seguida vem a China, mostrando o potencial do mercado oriental e confiança no produto.

Somente o mercado chinês, que acaba de completar um ano de reabertura, rendeu aos cofres do setor agropecuário tupiniquim mais de US$ 365 milhões.

O Oriente Médio também contribuiu substancialmente para este aumento, sendo que Egito e Arábia Saudita aumentaram suas importações de carnes brasileiras em 19% de volume comprado, comparado ao semestre de 2015, proporcionando ao setor um lucro de US$ 56 milhões. 

Segundo a ABIEC, em nota, houve uma pequena retração em junho, sendo que julho o mercado se mostrou mais positivo, trazendo melhores expectativas para o restante do ano, sobretudo por conta da carne in-natura. Para a entidade, devido à parceria com a China, é possível que setor possa chegar próximo dos ótimos resultados obtidos em 2014.

 

Os bovinos merecem atenção redobrada para garantir a qualidade da carne. Saiba mais sobre morfologia e avaliação do gado de corte. Clique aqui.

Fonte: ABIEC  

Bovinos de Corte

Notícias

Pecuária

Sites relacionados
Revista Veterinária Revista Veterinária Portal Suínos e Aves Tecnologia e Florestas
© 2019 Revista Agropecuária. Todos os Direitos Reservados.