O mercado abre portas para lã de ovinos

Os rebanhos de cabras e ovelhas no Brasil (caprinocultura e a ovinocultura), de acordo com estimativas do MAPA, estão atualmente na ordem de 14 milhões de animais, que fazem parte de mais de 450 estabelecimentos agropecuários.

O Brasil está em 18º lugar do ranking mundial de exportações de carne e lã, principais produtos gerados pelo animal, sendo um negócio em ascensão.

Grande parte do rebanho caprino está situada no Nordeste. Já o rebanho ovino tem grande representatividade no Rio Grande do Sul. Nesta região, por exemplo, os criadores investem prioritariamente em lã, e estão confiantes no mercado.

Entretanto, muitos sistemas de criação de ovinos  ainda encontram-se desorganizados, em virtude da falta de conhecimento sobre os animais, manejo, nutrição e comercialização e administração sem nenhum critério de planejamento.

Por isso, para que a criação vá em direção de um mercado cada vez mais promissor, sobretudo de lã, é preciso que o produtor tenha em mente o foco de sua produção, busque o profissionalismo e o conhecimento, além de criar condições para que a sua mão de obra passe por treinamentos, pois e isto que sustentará o seu negócio, de forma a gerar lucro.

 

O manejo nutricional desses animais influencia na qualidade da carne e da lã que chega ao consumidor final. Saiba mais.

Fonte: Milkpoint

Economia Rural

Notícias

Ovinos

Pecuária

Sites relacionados
Revista Veterinária Revista Veterinária Portal Suínos e Aves Tecnologia e Florestas
© 2019 Revista Agropecuária. Todos os Direitos Reservados.