TUDO O QUE AINDA NÃO TE CONTARAM SOBRE TRANSGÊNICOS

Audiência pública no Amapá debate produção clandestina de carnes

Com o objetivo de coibir a venda ilegal de carnes bovinas e suínas, sobretudo em portos, açougues e feiras, o Ministério Público do Amapá promoveu recentemente uma audiência para debater a questão, que vem crescendo no estado.

Estiveram presentes representantes de órgãos estaduais, federais e municipais, sendo que durante a reunião foi sugerida a expansão de atuação da vigilância sanitária e um endurecimento da fiscalização em todo o estado.

 Informações da Agência de Defesa e Inspeção Agropecuária (Diagro), diz que a carne suína, por exemplo, quando produzida em locais clandestinos, pode conter sérios riscos de contaminação.

De acordo com informações de alguns agentes de fiscalização presentes durante a audiência pública, porcos vem sendo abatidos na beira dos rios sem nenhum critério sanitário, tanto para o consumo próprio quanto para a comercialização.

Outra questão que precisa ser pensada, de acordo com os promotores envolvidos no caso, é um trabalho de conscientização da população sobre as desvantagens do consumo de carne de má procedência, tais como doenças e incentivo a produção não autorizada.

 

Um planejamento adequado e instalação de abatedouro e frigoríficos na região evitariam essa ilegalidade. Saiba mais.

Fonte: Suinocultura Industrial

Bovinos de Corte

Pecuária

Suinos

Sites relacionados
Revista Veterinária Revista Veterinária Portal Suínos e Aves Tecnologia e Florestas
© 2017 Revista Agropecuária. Todos os Direitos Reservados.