Alimentação de vacas leiteiras de alta produção

Para que as vacas leiteiras produzam em quantidade e qualidade suficiente, capaz de atender a todas as necessidades de mercado, é preciso que estejam sendo constantemente monitoradas, e, sobretudo nutridas de acordo com suas necessidades.

E este processo deve levar em conta o estado fisiológico do animal, porte e demais peculiaridades.

A fase de lactação, portanto, demanda muita atenção, já que a energia obtida na alimentação é muitas vezes inferior as necessidades do animal.

De forma simples, quanto maior for a produção de leite maior a demanda de energia e proteína, balanceada nos aspectos volumoso e concentrado, bem em suas características fibrosas, além de minerais e vitaminas.

Antes de ministrar uma alimentação para o rebanho ou mesmo um número menor de animais, é preciso conhecer a peculiaridades de cada alimento, bem como as necessidades de cada animal.

O sucesso desta importante ação dependerá do nível de conhecimento adquirido pelo produtor ou encarregado de cuidar dos animais.

 

Uma administração qualificada de toda atividade leiteria conta com profissionais atualizados no assunto.

Seja você um profissional qualificado e se destaque no mercado da bovinocultura.

Clique aqui e se atualize. 

Fonte: IEPEC

Bovinos de Leite

Mecanização

Pecuária

Sites relacionados
Revista Veterinária Revista Veterinária Portal Suínos e Aves Tecnologia e Florestas
© 2019 Revista Agropecuária. Todos os Direitos Reservados.