Recuperação de áreas degradadas - Dicas fundamentais para um novo plantio

Os cuidados com o novo plantio e recuperação do solo vêm sendo objetos de estudos por centros de pesquisas especializados em todo mundo, sendo de extrema importância para o setor agropecuário.

Muitas tecnologias são usadas em prol dessa atividade e podem gerar resultados extraordinários. A manutenção dos plantios também precisa ser constante na cultura do campo, contando com o uso diário de sistemas e técnicas que auxiliam no sucesso da recuperação.

Para realizar um novo plantio, algumas dicas são fundamentais:

1 - Analisar o problema

É importante conhecer o histórico da área escolhida para identificar as causas e providenciar alternativas de melhorias

2 - Identificar o potencial de regeneração da área

Sabemos que a recuperação natural é a situação mais recomendada, apesar de ser um processo mais demorado. Mas é muito importante verificar se a área pode ser recuperada desta forma. Caso não seja possível, devido ao alto grau de degradação, deve ser estudado outras técnicas, sempre avaliando a disponibilidade dos recursos disponíveis (financeiro e material)

3 - Escolher as espécies e tipo de plantio

Esta etapa é fundamental para obter o resultado esperado. É necessário escolher espécies que se encaixam no bioma natural da área escolhida para plantio. Lembrando que o tipo de plantio (plantio em linhas, plantio alternado e sistemas agroflorestais) também interferirá na escolha da espécie.

IMPORTANTE: Para escolher a espécie é necessário dar preferência para as que são de fácil propagação e que possuem crescimento rápido, para que cubram o solo o mais rápido possível e forneçam a matéria orgânica necessária para o ambiente.

4 - Decidir quando iniciar o plantio

Como a intenção é que o crescimento seja rápido, o ideal é iniciar o plantio na temporada de chuvas, para que o desenvolvimento da espécie seja estimulado.

São dicas como essa que irão fazer a diferença na prática. E ter conhecimento aprofundado fará de você um expert no assunto e quem sabe, ser um exemplo em sua região, por sempre obter bons resultados e ser experiente.

Então não perca tempo e amplie as oportunidades de contribuir para o aumento da produção, qualidade e lucratividade da agricultura, tendo como base a preservação e conservação dos recursos naturais.

Aprenda na prática a elaborar projetos para o desenvolvimento e sustentabilidade das áreas degradadas. Confira aqui.

Fonte: Equipe Revista Agropecuária

Agricultura

Áreas

Curiosidades

Cursos

Destaques

Fertilização

Irrigação

Mecanização

Notícias

Pastagens

Sites relacionados
Revista Veterinária Revista Veterinária Portal Suínos e Aves Tecnologia e Florestas
© 2019 Revista Agropecuária. Todos os Direitos Reservados.