Saiba o que é a febre do leite

Popularmente conhecida como febre do leite, a Hipocalcemia Puerperal é a falta de cálcio no organismo do animal, de modo a comprometer as funções metabólicas e produtivas.

A enfermidade pode acontecer com animais de idades variadas, ou seja, durante a lactação ou mesmo no parto.

O motivo para esta carência pode estar relacionado exatamente a falta de ingestão de alimentos que contenha a própria substância (e também o excesso), o deslocamento excessivo da produção de cálcio para o colostro, ou mesmo da incapacidade do animal manter esse nutriente no organismo. A febre do leite também pode estar relacionada ao uso contínuo de antibióticos.

Além de importante na formação dos esqueletos, ossos e dentes, dentre outros, o cálcio ocupa um lugar de destaque na composição do leite.

Os sintomas mais observados nestes animais são fraqueza, apatia, tremores, queda substancial da produção de leite, dentre outros.  

O diagnóstico se baseia nos sinais clínicos e o tratamento deve conter a aplicação de doses de cálcio e acompanhamento contínuo por um especialista capacitado.

Não perca dinheiro com a queda da produção! Invista em capacitação e saiba como formular dietas adequadas para o gado leiteiro. Confira.

Fonte: Emater

Bovinos de Leite

Notícias

Pecuária

Sites relacionados
Revista Veterinária Revista Veterinária Portal Suínos e Aves Tecnologia e Florestas
© 2019 Revista Agropecuária. Todos os Direitos Reservados.