Mormo equino

O mormo é enfermidade de difícil controle, pois ainda não foram descobertas vacinas e nem tratamento capazes de impedi-la de forma concreta.

Em 2015, por exemplo, algumas cidades do Rio Grande do Sul registraram surtos desta doença, que impediu inclusive a realização de cavalgadas de vários eventos tradicionais, como a Farroupilha.

Causada por uma bactéria que se prolifera principalmente em ambientes mais escuros e úmidos, o mormo é transmitido via contado direto com outro animal infectado, especialmente por meio de secreções.

A doença, embora não tenha cura, sendo quase sempre necessário o sacrifício dos animais, pode ser evitada quando se toma os devidos cuidados com as baias, utilizando métodos de desinfecção, limpeza e priorizando ambientes sempre com raios solares.

Além dos devidos cuidados é essencial a realização do acompanhamento do animal. Confira.

Fonte: G1

Equinos

Notícias

Parceiros

Sites relacionados
Revista Veterinária Revista Veterinária Portal Suínos e Aves Tecnologia e Florestas
© 2018 Revista Agropecuária. Todos os Direitos Reservados.