Os prejuízos causados pelo edema de úbere na produção de leite

As doenças são os grandes gargalos da produção de leite no mundo e que vem impedindo o bom desempenho dos animais, gerando muitos prejuízos aos produtores.

Muitos investimentos estão sendo realizados ao longo dos anos para tentar diminuir este impacto, sobretudo em condições sanitárias, que são algumas das causas diretamente relacionadas a doenças, ou mesmo em genética, gerando animais com menores probabilidades de desenvolver estas enfermidades.

O edema de úbere é um exemplo destas doenças que vem exigindo de produtores e da própria medicina veterinária o desenvolvimento de estratégias para neutralizar o problema.

Trata-se de uma doença que tem como característica principal as afecções nas glândulas mamárias dos animais. Possui origens variadas, que podem estar relacionadas, além das condições sanitárias, à nutrição, idade dos animais, dentre muitos outros fatores.  Além de causar dores, a enfermidade compromete consideravelmente a produção de leite.

Medicamentos específicos e anti-inflamatórios são algumas das soluções encontradas. A melhor forma de combate a esta doença, encontra-se na prevenção e no conhecimento sobre os métodos de manejo modernos.

Saiba como agir diante dessa e outas situações. O primeiro atendimento faz toda diferença. Confira.

Fonte: Rural pecuária

Bovinos

Bovinos de Corte

Notícias

Parceiros

Pecuária

Sites relacionados
Revista Veterinária Revista Veterinária Portal Suínos e Aves Tecnologia e Florestas
© 2019 Revista Agropecuária. Todos os Direitos Reservados.