Nutrigenômica: entenda sobre esta revolução na nutrição animal

A Nutrigenômica é um dos ramos da ciência que mais tem evoluído nos últimos anos, especialmente na veterinária, por trazer um conceito inovador cujos resultados já são uma realidade no mundo: a nutrição aliada à genética e suas interações em prol dos ganhos na produção animal.

Diante disso, a compreensão sobre estas possibilidades, seus impactos e a aplicação destes conceitos têm sido buscado de maneira crescente na indústria alimentícia, em especial nas propriedades de criação suína, bovina ou de aves, com vistas a ganhos de desempenho diferenciados dos animais.

A grosso modo, a nutrigenômica funciona com a utilização de certos nutrientes capazes de preencher as necessidades específicas dos genes, não apenas no que diz respeito ao desempenho com o menor custo-benefício possível, mas também como forma de combater, prevenir ou tratar determinados tipos de doenças.

Para tanto, a tecnologia consiste em utilizar, em laboratório, por meio de profissionais altamente especializados, técnicas relacionadas à leitura e estudo do mapeamento genético de tecidos dos animais por meio de softwares específicos.

Na veterinária, esta ciência já vem conseguindo importantes avanços, ao realizar dietas capazes de mudar as características destes genes, e, consequentemente, gerando carnes mais magras e saudáveis, com melhor rendimento, e, por fim, promovendo o estímulo da imunidade dos animais contra doenças. 

Para garantir uma boa análise é necessário ter equipamentos de alto desempenho e praticidade. Confira.

Fonte: Alltech

Notícias

Pecuária

Sites relacionados
Revista Veterinária Revista Veterinária Portal Suínos e Aves Tecnologia e Florestas
© 2019 Revista Agropecuária. Todos os Direitos Reservados.