Como recuperar áreas degradadas?

A recuperação de áreas degradadas é uma atividade prevista na Constituição Federal, sendo, portanto uma obrigação dos agentes infratores promoverem esta reparação em um determinado período.

Qualquer atividade que interfira diretamente em determinado ecossistema, sem que haja projetos de recuperação ou alguma contrapartida, portanto, deverá ser caracterizado como crime ambiental.

Diante de tais situações, que resultam no comprometimento de parte ou da totalidade de ecossistemas, as quais abrangem questões como a diminuição da cobertura vegetal, erosão, contaminação de rios e lençóis freáticos, dentre outras, é preciso que os profissionais envolvidos tenham o conhecimento necessário para realizar os melhores projetos, com vistas ao restabelecimento do equilíbrio ecológico.

Sendo assim, há vários métodos de recuperação que podem se diversificar de acordo com o nível e local de degradação. Há por exemplo, a possibilidade de uma área ser recuperada naturalmente, tamanha a capacidade de regeneração do meio ambiente.  

Pode-se recuperar uma área somente com o plantio de novas sementes, sob critérios específicos, de modo substituir e favorecer a relação simbiótica das plantas com os insetos polinizadores.

Outra alternativa é o plantio do mudas, que em um espaço de dois anos já podem ser vistos os resultados, com a regeneração completa do local.

Estes são apenas alguns exemplos simples, sendo que o papel do gestor ambiental neste contexto fará grande diferença. Ele deverá coordenar o projeto, viabilizar a infraestrutura para realizar a ação, verificar o custo benefício, coordenar a equipe, dentre muitas outras atribuições.

A atuação deste profissional tende a ser valorizada, sobretudo em tempos de mudanças no Código Florestal, em que estão estabelecidas diretrizes específicas para as reservas legais e áreas de preservação permanente.   

As áreas degradadas são cada vez mais comuns de serem encontradas em diversas partes do planeta e o trabalho de recuperação envolve muito conhecimento e eficiência por parte do profissional. E você pode ser esse profissional que o mercado tanto procura.

Nós trouxemos algumas dicas de como atuar na recuperação das áreas degradadas e garantir um maior potencial no assunto. Confira aqui.

Fonte: Mercado em Foco

Agricultura

Áreas

Curiosidades

Cursos

Destaques

Fertilização

Irrigação

Mecanização

Notícias

Pecuária

Tecnologia

Sites relacionados
Revista Veterinária Revista Veterinária Portal Suínos e Aves Tecnologia e Florestas
© 2017 Revista Agropecuária. Todos os Direitos Reservados.