Pulorose aviária: Entenda essa doença que causa queda na produção

Plurose aviária, conhecida também como diarreia branca, é uma doença causada pela bactéria Salmonellapullorum. Ela acomete principalmente as aves mais jovens e é uma enfermidade de risco, pois apresenta alta taxa de mortalidade.

Por causar prejuízos significativos para a produção é preciso que você, produtor, fique atento. Principalmente, pelo fato da bactéria causadora da pulorose aviária sobreviver por volta de onze semanas em camas novas e três semanas em camas antigas.

A ave é acometida através do contato com o ovo, fezes, alimentos e cama contaminados. Entretanto, pode também ser transmitida através de pessoas, animais e insetos.

Sinais da pulorose aviária

Os animais atingidos pela enfermidade, além da diarréia de coloração branca, podem apresentar:

- Fraqueza

- Sonolência

- Perda de apetite

- Dificuldade de respirar

- Baixa produtividade de ovos

Tratamento

A pulorose aviária não tem cura, mesmo que os animais sejam medicados eles sempre serão portadores do bacilo. Dessa forma, o tratamento é apenas sintomático e deve sempre ser orientado por um médico veterinário. Geralmente, para amenizar os sinais é indicado medicamentos à base de antibióticos.

Como realizar a prevenção da pulorose aviária?

Prevenir é a melhor maneira de combater a doença. Além de testes rotineiros das matrizes para o estabelecimento de um lote livre da infecção, medidas simples como realizar a limpeza, desinfecção dos galinheiros, eliminação das aves portadoras da pulorose, controle de insetos, roedores e pássaros podem ajudar muito para deixar seu plantel livre da doença.

E você, produtor, quer conferir mais conteúdos interessantes? Acesse o blog do nosso parceiro CPT Cursos Presenciais:

Quero ver mais!

Fonte: Info Escola

Adaptação: Revista Agropecuária

Aves

Cursos

Destaques

Notícias

Sites relacionados
Revista Veterinária Revista Veterinária Portal Suínos e Aves Tecnologia e Florestas
© 2018 Revista Agropecuária. Todos os Direitos Reservados.