Criação de Galinhas Caipiras: entenda mais dessa oportunidade de negócio

Criação de Galinhas Caipiras entenda mais dessa oportunidade de negócioA criação de galinhas caipiras, antes restrita a pequenos donos de propriedades rurais, e para o consumo próprio, se tornou um negócio que vem crescendo consideravelmente nos últimos anos. Isso acontece pelo fato destes animais serem, desde sempre, muito bem aceitos pelo consumidor brasileiro. E com a mudança dos hábitos de consumo e a tendência mundial de uma alimentação mais natural, seus produtos, como carne e ovos, ganham espaço nos mercados por serem considerados mais saudáveis que os gerados em escala industrial. 

Consequentemente, surge também a necessidade deste tipo de criação estar atrelado às normas sanitárias e técnicas de manejo, capazes de gerar produtos de confiança e qualidade. Diante disso, empreendedores vêm buscando, cada vez mais, informações e técnicas sobre este tipo de negócio de crescente prestígio. Assim, um fator que deve ser levando em consideração ao iniciar um novo negócio está relacionado ao conceito de bem-estar e legislação.

Pensando nisso, neste artigo vamos abordar os passos fundamentais para quem deseja entender mais sobre a criação de galinhas caipiras e implementar essa produção com viés comercial na propriedade. Confira!

Passos fundamentais para a criação de galinhas caipiras

Para que a criação comercial de galinhas caipiras seja viável, é preciso considerar alguns pontos básicos, sem os quais não é possível iniciar a produção. São eles:

Estruturas e equipamentos

Antes de mais nada é importante ter em mente que, para a criação de galinhas caipiras, as áreas pensadas devem ser o mais natural possível. Pensando nisso, é importante que exista uma área coberta, mas que o chão de terra seja mantido, uma vez que isso vai permitir que as galinhas possam ciscar e se exercitar normalmente.

Outro ponto a se considerar nas estruturas é que, como originalmente, as galinhas caipiras andavam soltas, de forma mais livre, é importante que esse criadouro ofereça a elas um espaço amplo. Na média, o ideal é que sejam pensados 4 animais por metro quadrado do criadouro.

Dentro deste mesmo espaço coberto, é possível separar uma área para a chocadeira, visando a separação de ovos das galinhas mães. Nesse momento pode ser realizada a seleção dos ovos que serão chocados dos que serão vendidos, lembrado que, para consumo, os ovos devem ser separados assim que postos pela galinhas.

Matrizes na criação de galinhas caipiras

A escolha das matrizes da sua criação é importante para o sucesso do seu produto. Por isso, quando pensamos na criação de galinhas caipiras, as matrizes devem ser adquiridas de outros criadores e produtores com foco nesse tipo de criação. Animais de grandes granjas não são adequados para o tipo de produção e estruturas, e não vão oferecer um rendimento tão bom nessas circunstâncias.

Um ponto interessante é solicitar a avaliação de um técnico capacitado. Assim, é possível certificar a qualidade e o estado de saúde das matrizes antes de realizar a compra e começar a criação. 

Alimentação

Como dito anteriormente, na criação de galinhas caipiras, é preciso pensar a relação dos animais com os ambientes da forma mais natural possível. Esse pensamento deve envolver também a alimentação oferecida a esses animais, principalmente por ser o tipo de alimento ingerido, uma das principais questões para o consumidor final.

Assim, é importante considerar, por exemplo que o uso de ração tem impacto no sabor dos produtos que serão obtidos e que portanto, talvez, não seja a melhor escolha apesar de garantir um aumento de peso mais rápido. Assim é importante que as galinhas sejam alimentadas com variedade que elas teriam acesso se criadas completamente soltas, mas sempre levando em conta a necessidade nutricional dos animais.

Cuidados gerais com a criação de galinhas caipiras

Apesar da ambientação natural ser importante para esse tipo de criação, para que as normas de comercialização dos produtos sejam seguidas é fundamental que o produtor pense no bem-estar e na sanidade do ambiente. Assim, o espaço destinado aos animais precisa ser limpo diariamente e a água trocada. Além disso, periodicamente é preciso que esses animais recebam a dosagem correta de vermífugo para evitar que doenças possam aparecer.

Diante de tudo isso, vemos como a criação de galinhas caipiras, apesar de simples e de baixo custo, requer atenção constante do produtor para que o resultado final seja de boa qualidade. Portanto, é importante que este se mantenha atento às normativas de mercado e esteja capacitado para gerir e manejar sua criação da melhor forma possível.

Já pensou em implantar uma criação de galinhas caipiras em sua propriedade? Conheça aqui o CURSO ONLINE ideal para te ajudar nessa empreitada!

Fonte: Sebrae e Embrapa

Artigos

Aves

Destaques

Pecuária

Sites relacionados
Revista Veterinária Revista Veterinária Portal Suínos e Aves Tecnologia e Florestas
© 2020 Revista Agropecuária. Todos os Direitos Reservados.