O que são volumosos e concentrados na nutrição de bovinos de corte?

O que são volumosos e concentrados na nutrição de bovinos de corte A boa nutrição de bovinos de corte é uma das principais responsáveis pelo seu desenvolvimento, reprodução, aumento de produtividade e qualidade da carne. Porém, ela precisa ser criteriosamente planejada já que a alimentação representa cerca de 70% do custo de produção.

Para garantir maior retorno dos investimentos é fundamental saber quais os elementos essenciais para o desempenho das atividades desse animal. Conhecendo a nutrição, as estratégias de manejo e as possibilidades de combinação entre volumosos, concentrados e demais alimentos é possível alcançar maior eficiência alimentar e econômica, fornecendo máxima nutrição com menor preço.

Para te ajudar a entender melhor, veja a seguir o que são os volumosos e os concentrados bem como seu papel nutricional na alimentação desses animais. Boa leitura!

Manejo nutricional de bovinos de corte

Uma atividade que vem crescendo consideravelmente na pecuária brasileira é o confinamento de gados de corte. Isso porque uma de suas principais vantagens é o maior controle de tudo que é dado ao animal e o ganho de peso.

Entretanto, independente do sistema de criação, a escolha dos alimentos desses animais deve levar em consideração primeiramente a qualidade dos mesmos. A quantidade também vai fazer muita diferença, o indicado é servir de duas a três porções diárias para os animais confinados.

Na dieta de engorda em confinamento, os volumosos costumam ficar disponíveis nos cochos e os concentrados são fornecidos em quantidades controladas e em horários fixos. É fundamental que a água oferecida seja de boa qualidade, fresca e esteja sempre disponível. Proteínas, gordura, açúcares, cálcio, minerais, água e vitaminas são essenciais para esses animais.

Na hora de planejar a dieta é muito importante saber que os alimentos são classificados ou descritos com base na matéria seca (MS), que é a fração do alimento excluída a umidade natural deste. 

Como a porção nutritiva do alimento está contida em sua MS e a capacidade de consumo dos alimentos pelos animais também está relacionada à MS, todo cálculo relativo à alimentação como o balanceamento de rações, custo de aquisição ou o transporte de alimentos deve ser feito com base na MS. 

As exigências nutricionais vão variar de acordo com o sexo, raça, peso vivo, estrutura corporal, taxa de ganho em peso esperada, e tudo isso deve ser levado em consideração na hora de formular as rações. 

Para ajudar já existem tabelas específicas com a composição básica de alguns alimentos e de exigências nutricionais em energia ou em proteína. Porém, para atender as necessidades do seu gado o ideal é procurar por um profissional de confiança. 

Alimentos Volumosos

Os alimentos volumosos são os que possuem baixo valor energético e altos teores de fibras brutas, mais de 18% na matéria seca. Eles podem ser divididos em secos ou úmidos, sendo os de mais baixo custo na propriedade.

Seu principal objetivo na nutrição de bovinos de corte é fornecer fibras para estimular a mastigação, ruminação, salivação e a motilidade ruminal, mantendo assim o rúmen saudável. Contudo, alguns desses alimentos podem ser considerados completos já que também fornecem bons níveis de nutrientes, como as forragens de alta qualidade, por exemplo. 

Os volumosos mais usados para a nutrição de bovinos de corte são:

  • Pastagens naturais ou artificiais como as braquiárias e panicuns;

  • Forrageiras para corte;

  • Capineiras- capim elefante;

  • Silagens de capim, milho ou sorgo;

  • Cana-de-açúcar;

  • Bagaço de cana hidrolisado;

  • Restos culturais;

  • Cascas;

  • Sabugos;

  • Resíduos de agroindústria.

O milheto, fenos de gramíneas, silagem de girassol, palhadas de culturas, também são exemplos de volumosos, porém costumam ser menos utilizados.

Na hora de escolher quais volumosos usar é preciso levar em consideração alguns critérios como a disponibilidade local, custo, valores nutricionais, capacidade de produção e condições de armazenamento. 

Alimentos Concentrados

Os alimentos concentrados são aqueles que possuem alto valor energético e baixo teor de fibras brutas, menos de 18% na MS. Se comparados aos volumosos, são mais concentrados em nutrientes. 

Eles podem ser divididos em protéicos, quando têm mais de 20% de proteína na MS, ou energéticos quando tem menos de 20% de proteína na MS. Os concentrados representam cerca de 70 a 80% do custo da alimentação dos animais.

Os principais objetivos dos concentrados na nutrição de bovinos de corte é melhorar a eficiência alimentar e possibilitar maior desempenho animal. Com isso é possível, por exemplo, reduzir a idade de abate e a idade ao primeiro parto.

Os principais produtos concentrados utilizados em dietas de bovinos de corte são:

  • Grãos de milho, sorgo, soja;

  • Farelos de soja, amendoim, algodão, girassol;

  • Trigo;

  • Arroz;

  • Melaço;

  • Polpa cítrica;

  • Caroço de algodão;

  • Casca de soja. 

Existem ainda os concentrados de origem animal como farinha de sangue, de peixe, carne, sebo ou gordura animal.

O aumento de concentrados na dieta eleva os índices de produtividade, contudo, os volumosos de boa qualidade podem substituir parte dos nutrientes fornecidos pelos concentrados e são mais baratos. Portanto, são importantes para reduzir os custos com a alimentação.

Mesmo com o custo mais alto a recomendação para a formulação da dieta é que no mínimo 71% de ingredientes sejam concentrados para melhorar a produtividade e eficiẽncia dos bovinos de corte. Porém, é sempre importante levar em consideração a realidade de cada propriedade, a disponibilidade desses alimentos em cada região além de fatores relacionados aos animais.

Para alcançar a máxima eficiência na produção animal e atingir altos rendimentos é fundamental conhecer técnicas modernas de alimentação. No Curso de Manejo Nutricional de Gado de Corte - Alimentos e Alimentação do CPT Cursos Presenciais você irá conhecer as ferramentas do manejo racional da alimentação para explorar o máximo do potencial que cada animal possui na sua base genética e obter mais lucro.

Aprenda de uma vez por todas na teoria e na prática técnicas modernas de avaliação de alimentos e manejo da alimentação de gado de corte, e entenda como podem influenciar na saúde, reprodução e produção de bovinos de corte. Veja mais informações aqui.

Fontes:

Coimma, Canal Rural, Rehagro, Nutrição e Saúde Animal, MF Rural, Embrapa, Agronomia.

Artigos

Bovinos de Corte

Destaques

Pecuária

Sites relacionados
Revista Veterinária Revista Veterinária Portal Suínos e Aves Tecnologia e Florestas
© 2020 Revista Agropecuária. Todos os Direitos Reservados.